Descrição de chapéu Há 50 anos

1968: Estudantes tchecos param o país por mais liberdade e contra pressão russa

Pessoas queimam pneus em uma rua de Praga durante confrontos entre tchecos e russos, em agosto de 1968 - AFP
São Paulo

Os estudantes de todas as universidades de Praga e de diversas cidades da Tchecoslováquia declararam nesta segunda-feira (18) greve em protesto pelo enfraquecimento do país ante a pressão russa.

A greve, que, segundo observadores, reflete a opinião da maioria da população, durará três dias e é apoiada por jornalistas e operários.

Os estudantes reivindicam maior liberdade de expressão, a demissão de dirigentes que perderam a confiança do povo, a aplicação de programa de democratização e a organização de conselhos nas empresas. Em suma, querem que o país retome a autonomia diante da pressão russa.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.