Descrição de chapéu Há 50 anos

1970: Junta Militar da Argentina impõe limites para próximo presidente

São Paulo

Quem for designado para ser o presidente da Argentina terá que submeter os seus atos de grande importância para aprovação da Junta Militar, que atualmente ocupa o poder no país.

Para isso ocorrer, será modificado um artigo do estatuto do regime vigente, que confere ao presidente todas as faculdades legislativas.

Formada por três comandantes-chefes, a Junta Militar governa provisoriamente a Argentina desde segunda-feira (8), quando o general Juan Carlos Onganía foi derrubado do poder.

O nome do próximo presidente ainda não foi escolhido pelos militares.

Primeira Página da Folha de 12 de junho de 1970
Primeira Página da Folha de 12 de junho de 1970 - Reprodução

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.