Descrição de chapéu Há 50 anos

1970: Padre diz não acreditar que lei do divórcio seja aprovada no Brasil

São Paulo

O arcebispo auxiliar do Rio de Janeiro, dom José de Castro Pinto, afirmou acreditar que o Brasil não vai introduzir o divórcio, mesmo se isso ocorrer na Itália, onde um projeto de lei foi aprovado no Senado na sexta-feira (9).

“Aqui [no Brasil], os antidivorcistas argumentam objetivamente, enquanto os divorcistas usam qualquer argumento, válido ou inválido”, declarou o religioso.

Já o deputado federal Nelson Carneiro (MDB) crê que a campanha a favor do divórcio na Itália influenciará o Brasil. Segundo ele, as resistências de forças tradicionalistas estão, aos poucos, sendo superadas pela realidade.

Primeira Página da Folha de 13 de outubro de 1970
Primeira Página da Folha de 13 de outubro de 1970 - Reprodução

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.