'Ele salvou a minha vida', diz namorada de ator morto de 'Chiquititas'

Rafael Miguel, 22, e seus pais foram assassinados ao chegar à casa da jovem na zona sul de SP

Júlia Zaremba
São Paulo

A namorada do ator Rafael Miguel, Isabela Tibcherani, 18, afirmou nesta segunda-feira (10) que o rapaz salvou a sua vida: “Ele salvou a minha vida. Ele foi um herói. Os pais dele criaram um príncipe, um anjo.”

A declaração foi dada a jornalistas na saída do enterro de Rafael e dos pais, João Alcisio Miguel, 52, e Miriam Selma Miguel, 50, realizado à tarde no Cemitério do Campo Grande, na zona sul de São Paulo. 

A família foi morta a tiros na tarde deste domingo (9) enquanto chegava à casa de Isabela, no bairro Pedreira, na zona sul da capital paulista. O suspeito, Paulo Cupertino Matias, 48, pai da jovem, está foragido.

O crime teria sido motivado por ciúmes —uma prima de Rafael afirmou no enterro que o homem é "possessivo ao extremo" com a filha. 

Isabela Tibcherani, 18, na saída do enterro do namorado Rafael Miguel
Isabela Tibcherani, 18, na saída do enterro do namorado Rafael Miguel - Júlia Zaremba/Folhapress

Isabela saiu do cemitério às pressas, cercada por amigos e acompanhada do advogado, que se apresentou como Wellington Lima dos Santos. Ela levou um ursinho de pelúcia e girassóis para colocar no túmulo do namorado. 

Mais cedo, a jovem compartilhou uma série de publicações em uma rede social em homenagem ao namorado, com quem ficou por pouco mais de um ano.

"Só queríamos ser livres pra amar, sem medida. Queríamos explorar o mundo e explorar a vida. Crescer, lado a lado, como um só", escreveu. 

Em outro texto, relembrou que os dois tinham o hábito de conversar em inglês. Rafael dava aulas em uma escola de idiomas em Perdizes, na zona oeste da capital paulista."Eu te amo, príncipe. A gente vai se encontrar. Together. Always", escreveu ela.

Em entrevista ao jornalista Reinaldo Gottino, da Record, a jovem afirmou que o pai era muito possessivo: "Meu pai tem um ciúme possessivo, doentio. Ele é misógino, agressor, odeia mulheres e acha que mulher só serve para lavar, passar e cozinhar."

Também disse que não imaginava que o pai pudesse chegar a esse ponto e que não atirou nela "porque não queria." 

Além de Isabela, estiveram presentes no cemitério familiares das vítimas, ex-colegas de elenco do ator e muitos curiosos estiveram presentes, o que causou um certo tumulto na entrada do velório. A família foi aplaudida por centenas de pessoas durante o enterro. 

Os pais deixam duas filhas: Isabelly Victoria Miguel, 13, e Camilla Miguel, 26 —a mais velha foi ao cemitério e compartilhou fotos da família em uma rede social mais cedo. 

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.