Descrição de chapéu Obituário Jurandir de Andrade Arrué (1951 - 2019)

Mortes: Ponta-esquerda do Grêmio, conseguiu parar Falcão

Jurandir foi escalado para marcar o craque e ajudou no título tricolor

Artur Rodrigues
São Paulo

A missão era complicada. Jurandir, escalado na ponta-esquerda do Grêmio, foi escalado para marcar o principal craque do Internacional, o  volante Paulo Roberto Falcão. 

O Gre-nal, em maio de 1979, no estádio Beira-Rio, poderia definir campeonato gaúcho. 

O técnico da ocasião, Orlando Fantoni, tomou uma decisão ousada: colocou o atacante, que era reserva, para anular o jogador mais técnico que entraria em campo. Na época, Falcão já jogava na seleção brasileira e havia ajudado a garantir uma série de títulos ao Internacional  nos anos anteriores. 

“A minha foi marcação individual mesmo, o campo todo. Se o Falcão fosse para o banheiro, a ordem era ir junto”, diria Jurandir, anos depois, ao jornal Zero Hora. 

A missão foi cumprida de maneira tão satisfatória que, além de ganhar vaga no time titular, o ponta passaria a ser conhecido como o “homem que parou Falcão”. 

O clássico terminou empatado sem gols, fazendo com que o Grêmio conquistasse aquele turno. Depois, 
o time venceria o estadual. 

Jurandir persegue Paulo Roberto Falcão em jogo mais importante de sua vida
Jurandir persegue Paulo Roberto Falcão em jogo mais importante de sua vida - Reprodução

Para o clube, ele foi um dos principais responsáveis pelo título gaúcho daquele ano. Jurandir ainda faria parte da equipe vencedora do gaúcho no ano seguinte e do Campeonato Brasileiro de 1981. 

O jogador também atuou em outros clubes, como Novo Hamburgo, Avaí e Bahia.

Nos últimos anos, longe dos campos, vinha atuando como assessor em gabinetes de ex-jogadores do Grêmio que entraram para a política gaúcha, como Tarciso Flecha Negra e Cassiá Carpes, vereadores em Porto Alegre. 

Jurandir morreu no dia 26, aos 67 anos, vítima de um câncer no fígado. Deixa a mulher, dois filhos e três netos.



coluna.obituario@grupofolha.com.br

Veja os anúncios de mortes

Veja os anúncios de missas​​

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.