Descrição de chapéu Copa do Mundo

Neymar 'empresta' cabeleireiro para Tite e jogadores da seleção

Atacante já recebeu a visita de dois cabeleireiros durante a Copa da Rússia

Nariko, cabeleireiro de Neymar, com o técnico Tite
Nariko, cabeleireiro de Neymar, com o técnico Tite - Reprodução/Instagram/nariko_ha
São Petersburgo

O cabeleireiro Nariko, amigo de infância de Neymar e responsável pelo corte de cabelo do atacante, visitou a concentração da seleção brasileira duas vezes nas últimas semanas para cortar o cabelo dos atletas.

Em Rostov, véspera da estreia do Brasil contra a Suíça, ele foi no hotel onde o time estava hospedado e, no sábado (16),  aparou o penteado de Fagner, Casemiro, Danilo, Douglas Costa, Gabriel Jesus e Coutinho.

O cabeleireiro era bastante conhecido na cidade de Santos, onde trabalhava em um salão e era ativo nas redes sociais. Hoje, tem mais de 250 mil seguidores e abriu um estabelecimento de beleza em Paris, perto de Neymar.

Semanas antes, no fim de maio, antes de a equipe embarcar para semana de treino de Londres, Nariko foi à Granja Comary cortar os cabelos de Tite, Paulinho, Douglas Costa, Thiago Silva e Gabriel Jesus. Nariko está no momento em Sochi hospedado junto aos chamados “parças” de Neymar, como Gil Cebola, Joclécio e Gustavo. Ele está entre os convidados do atleta para acompanhar a seleção brasileira durante a Copa do Mundo.

O grupo de convidados que estava junto ao clã de amigos de Neymar em Rostov ainda tinha outros nomes, como o ex-lateral Gabriel, filho de Wladimir, que fez história no Corinthians, e mais cerca de 10 amigos.

Em Rostov, o grupo chegou na véspera e se hospedou no mesmo hotel que a mãe de Neymar, Nadine. Alguns deles jantaram com o jogador na segunda-feira, já de volta a Sochi.

Os “parças” de Neymar também se entrosaram com os amigos de Gabriel Jesus, que estão com o irmão do centroavante, Felipe. Eles têm feito atividades juntos em Sochi nas horas que não podem acompanhar a delegação da seleção.

Além de Nariko, Neymar também recebeu a visita de um segundo cabeleireiro, Wagner Tenório, que pintou o cabelo do jogador de loiro antes da estreia —o Brasil empatou por 1 a 1, com atuação apagada do camisa 10, que sofreu dez faltas.

Outro que teve a visita de um cabeleireiro particular foi o goleiro Alisson, em Londres, mas tratou-se de uma coincidência, já que o profissional passeava de mochilão pela Europa naquele momento e resolveu ir à Inglaterra na mesma época que o atleta para dar um trato no visual.

O Brasil volta a campo na sexta (22), contra a Costa Rica, em São Petersburgo, pela segunda rodada do Grupo E da Copa do Mundo.

 
Camila Mattoso, Diego Garcia , Luiz Cosenzo e Sérgio Rangel

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.