Hamilton vence GP do Japão e abre 67 pontos de vantagem sobre Vettel

A quatro provas do fim, piloto inglês da Mercedes está próximo do seu 5º título na Fórmula 1

Lewis Hamilton comemora vitória no GP do Japão de Fórmula 1
Lewis Hamilton comemora vitória no GP do Japão de Fórmula 1 - Issei Kato/Reuters
São Paulo

​Sem ser ameaçado ao longo da corrida, Lewis Hamilton venceu o GP do Japão de Fórmula 1 na manhã deste domingo (7) e disparou na liderança do campeonato. Com o resultado, a vantagem sobre Sebastian  Vettel, da Ferrari, foi para 67 pontos a quatro corridas do fim da temporada.

Ele poderá ser campeão no próximo GP, nos EUA, em 21 de outubro. O cenário se concretizará se o inglês ganhar a prova e Vettel ficar a partir do terceiro lugar, por exemplo.

Foi a quinta vitória de Hamilton nas últimas seis corridas e a sua oitava neste ano. O pódio ainda teve o finlandês Valtteri Bottas, companheiro de Hamilton na Mercedes, e o holandês Max Verstappen, da Red Bull. 

Segundo no campeonato, Vettel largou em oitavo e pulou para a quarta posição já nas primeiras voltas, mas suas chances de pódio despencaram quando ele tentou ultrapassar Max Verstappen na oitava volta e colidiu com o piloto da Red Bull. 

O alemão saiu da pista, voltou na 18ª posição e acabou a corrida em sexto. Após a prova, Vettel disse não se arrepender de ter arriscado a manobra. 

Em prova de recuperação após largar em 15º, Daniel Ricciardo, da Red Bull, superou os carros da Ferrari e terminou na quarta colocação. 

Fecharam a zona pontuação Sergio Perez (Force India/MEX), Romain Grosjeain (Haas/FRA), Esteban Ocon (Force India/FRA) e Carlos Sainz (Renault/ESP). 

Não terminaram a prova Charles LeClerc (Sauber/MON), Nick Hulkenberg (Renault/ALE) e Kevin  Magnussen (Haas/DIN).

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.