Chateados, são-paulinos receberam troféu de vice após ordem de Raí

Após a derrota para o Corinthians, equipe não aguardou cerimônia de premiação

Toni Assis Marcos Guedes
São Paulo

Assim que o juiz apitou o fim do jogo em Itaquera e o Corinthians foi confirmado tricampeão paulista neste domingo (21), os jogadores do São Paulo deixaram o campo e foram direto aos vestiários da Arena Corinthians  —sem dar entrevistas nem aguardar a cerimônia de premiação para receber as medalhas e o troféu do vice-campeonato.

A equipe só voltou ao gramado depois que Raí, atual diretor-executivo de futebol do clube, foi aos vestiários e buscou a equipe.

"Uns já tinham entrado, outros não sabiam da informação [de como seria a premiação]. Eu conversei com todos e eles prontamente se levantaram e foram para o campo", explicou Raí.

Visivelmente contrariados, os jogadores do São Paulo voltaram ao gramado e receberam as medalhas, mas nenhum deles colocou a condecoração no pescoço. Mesmo o troféu de vice-campeão não foi levado pelo capitão são-paulino, Hudson.

 

O jogador até chegou a pegar a taça no campo, mas logo a entregou a um segurança, que foi quem a levou para os vestiários.

Ao ser chamado para comentar o caso, o goleiro Tiago Volpi se limitou a dizer: "Entrevista o campeão".

Único a falar ainda no campo, e de maneira rápida, o zagueiro Bruno Alves comentou o vice-campeonato. "Batalhamos mas não deu", disse. "Semana que vem já temos o Brasileiro."

De acordo com a FPF (Federação Paulista de Futebol), o protocolo após a final é primeiro premiar os juízes, depois o vice-campeão e, por fim, o vencedor do torneio.

Na entrevista coletiva após o jogo, o técnico Cuca resolveu ponderar a situação. "Acabou a final e a gente ficou esperando no campo. Mas os jogadores estavam chateados. Para não ficarem expostos, fomos para o vestiário. Mas depois voltamos para receber", disse.

Com a vitória por 2 a 1, o Corinthians se tornou o maior vencedor do Campeonato Paulista e ampliou o seu domínio na competição.

O clube chegou a 30 troféus do Paulista, três deles nos últimos três anos.

 
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.