Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
06/04/2002 - 14h42

Riotur diz que processará produtora de "Os Simpsons"

Publicidade

da Folha Online

A Riotur (empresa de turismo da Prefeitura do Rio) vai processar, por perdas e danos, a produtora Fox Cable International pela episódio do desenho animado "Os Simpsons" que satiriza o Brasil e foi exibido no último domingo pela TV americana.
Reprodução

FHC se irritou com Homer


Mesmo sem ver o desenho, o presidente FHC se irritou com a referência feita ao país. Seu porta-voz disse que o desenho traz "visões distorcidas sobre o Brasil", mas que o presidente não comentaria o fato.

A prefeitura do Rio desafiou a produtora Fox a destinar a verba arrecadada com o episódio às obras assistencias do Rio. A Fox não se manifestou até o momento.

O episódio da série (veiculada no país pelo SBT e Fox) tem o título de "Blame it on Lisa" ("A culpa é de Lisa") e mostra os Simpsons indo ao Rio de Janeiro onde Ronaldo, o órfão a quem Lisa envia dinheiro, desapareceu.

Durante a viagem, Homer Simpson, o chefe da família, é sequestrado por um motorista de táxi carioca. Além disso, a família descobre que o dinheiro enviado foi usado para colocar uma porta no orfanato onde estava Ronaldo, para evitar a entrada de macacos. Já Bart, o 'pestinha' dos Simpsons, é atacado por macacos em pleno calçadão de Copacabana.

Revolta na Riotur
O presidente da Riotur e secretário municipal de Turismo do Rio, José Eduardo Guinle, determinou que o advogado da empresa, Marcelo Parente, acione na Justiça a produtora americana. Segundo ele, a Riotur investiu mais de US$ 18 milhões na divulgação da cidade no exterior.

Guinle também estuda entrar com outra ação de indenização por prejuízo na imagem do Rio no exterior.

Leia mais:
  • Para FHC, desenho dos "Simpsons" traz visões distorcidas do Brasil


  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página