Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
27/09/2000 - 10h55

Reverendo Moon é multado por crime ambiental em sua fazenda em MS

Publicidade

da Folha Online

A Polícia Militar Ambiental de Mato Grosso do Sul aplicou multa de R$60 mil à fazenda do Reverendo Moon na região centro oeste do Estado, por crime ambiental.

Foram apreendidas na propriedade do líder religioso, no final da tarde de ontem, 60 toras de peroba rosa extraídas ilegalmente, além de três tratores e uma motosserra.

A madeira estava sendo extraída nas margens do rio Perdido por José Carlos Vital, Silvio Cabreira e Josuel Fernandes. Não é a primeira vez que integrantes do movimento religioso são multados por crime ambiental.

Trajetória

Polêmico, Moon foi preso, em 1985, nos Estados Unidos, acusado de sonegação fiscal. Abandonou seus negócios no país. No Brasil, Moon ficou conhecido em 1981, quando seu movimento foi acusado de sequestrar adolescentes e fazer lavagem cerebral. As acusações não foram comprovadas.

Moon também virou cabo eleitoral disputado por candidatos a prefeito e a vereador na eleição de Mato Grosso do Sul por possuir um verdadeiro império de terras e rede assistencial no Estado.


  • Leia mais no especial Eleições Online.

    Clique aqui para ler mais sobre política na Folha Online.


  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página