Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
13/07/2006 - 15h44

Nilton Capixaba impetra mandados de segurança no STF

Publicidade

da Folha Online

O deputado Nilton Capixaba (PTB-RO) impetrou nesta quarta-feira no STF (Supremo Tribunal Federal) dois mandados de segurança, com pedido de liminar, contra atos supostamente ilegais do diretor-geral da Polícia Federal, Paulo Lacerda, do delegado da PF, Tardelli Boaventura, e do presidente da CPI dos Sanguessugas, Antonio Carlos Biscaia (PT-RJ).

Capixaba está entre os parlamentares investigados por suposto envolvimento com a máfia das ambulâncias, esquema que fraudava a venda de ambulâncias para prefeituras, desmontado pela Polícia Federal durante a "Operação Sanguessuga".

Nos mandados, o deputado pede o absoluto sigilo dos trabalhos da CPI e da Polícia Federal e o fornecimento ao Supremo de todas as gravações telefônicas feitas sem autorização da Corte, "para que sejam destruídas como meio de prova obtido ilegalmente".

De acordo com o mandado de segurança, não houve autorização judicial do STF para interceptar ligações telefônicas de membros do Congresso.

O parlamentar pede ainda o direito de ampla defesa "com acesso a todas as provas colhidas, com o direito de contraditá-las pelos meios legais".

Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre Nilton Capixaba
  • Leia a cobertura completa sobre a máfia dos sanguessugas
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página