Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
14/08/2006 - 20h17

Suassuna pede afastamento da liderança do PMDB

Publicidade

da Folha Online

O senador Ney Suassuna (PMDB-PB) pediu hoje afastamento da liderança do PMDB no Senado. Na semana passada, o senador Pedro Simon (PMDB-RS) havia pedido que Suassuna apresentasse seu pedido de afastamento sob pena de iniciar um movimento na bancada para destituir o peemedebista do cargo.

Suassuna está entre os 72 parlamentares denunciados pela CPI dos Sanguessugas como integrante da máfia das ambulâncias.

O lugar de Suassuna na liderança do Senado será ocupado por Wellington Salgado (PMDB-MG), único a votar contra o relatório parcial divulgado na semana passada pela CPI dos Sanguessugas com os nomes de 72 parlamentares suspeitos de envolvimento com a máfia das ambulâncias.

Salgado também bateu-boca com o deputado Fernando Gabeira (PV-RJ). O deputado disse que o senador faz "sabotagens" contra a CPI. Salgado chamou Gabeira de "mentiroso" e o acusou de fazer carreira em cima de seqüestros, em referência ao seqüestro do embaixador Charles Elbrick.

Leia mais
  • CPI dos Sanguessugas denuncia 72 parlamentares; veja lista
  • CPI dos Sanguessugas absolve 18 parlamentares

    Especial
  • Leia cobertura completa das eleições 2006
  • Leia a cobertura completa sobre a máfia das ambulâncias
  • Enquete: os partidos devem expulsar os parlamentares citados na lista da CPI dos Sanguessugas?
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página