Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
16/08/2006 - 21h09

Mais um deputado da lista de sanguessugas desiste de reeleição

Publicidade

RENATA BAPTISTA
da Agência Folha

O deputado federal Josué Bengtson (PTB-PA), citado no relatório do CPI dos Sanguessugas por suposto envolvimento na máfia das ambulâncias, desistiu de concorrer à reeleição para a Câmara.

Diferentemente do que aconteceu com o deputado Coriolano Sales (PFL-BA) --também acusado no relatório da CPI dos Sanguessugas--, que hoje apresentou sua renúncia ao mandato como forma de escapar à inelegibilidade que uma possível cassação acarretaria, Bengtson afirmou que, além de desistir da reeleição, a sua vida política se encerra junto com o atual mandato.

"A decisão foi de foro íntimo. Como religioso, não me sinto confortável em manter uma candidatura sendo investigado por uma CPI. Se for para concorrer, tenho que estar tranqüilo, com nada pesando sob o meu nome", disse o deputado, que deve apresentar hoje seu pedido de desistência ao Tribunal Regional Eleitoral do Pará.

Bengtson negou envolvimento com o esquema dos sanguessugas e que vai responder todas as acusações.

O parlamentar fez o anúncio da desistência da reeleição na noite de hoje, em Belém, durante um encontro de pastores da Igreja do Evangelho Quadrangular paraense, da qual é presidente.

"Os membros da igreja me deixaram à vontade para tomar a decisão", afirmou Bengtson, que disse que, quando o mandato chegar ao fim, vai se dedicar totalmente à igreja.

Leia mais
  • CPI dos Sanguessugas denuncia 72 parlamentares; veja lista
  • CPI dos Sanguessugas absolve 18 parlamentares

    Especial
  • Leia a cobertura completa sobre a máfia das ambulâncias
  • Enquete: os partidos devem expulsar os parlamentares citados na lista da CPI dos Sanguessugas?
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página