Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
20/08/2006 - 16h41

Alckmin sai em defesa de Serra em polêmica sobre preconceito

Publicidade

RAIMUNDO DE OLIVEIRA
da Folha Online

O candidato à Presidência da República pelo PSDB, Geraldo Alckmin, saiu neste domingo em defesa de José Serra, que concorre ao governo de São Paulo pelo partido, na polêmica envolvendo preconceito contra os migrantes nordestinos.

Alckmin classificou de "totalmente descabida" a afirmação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, candidato à reeleição pelo PT, que atacou Serra em comício também neste domingo na cidade de Osasco.

"Se há um povo que não tem preconceito é o povo brasileiro", afirmou Alckmin, na escola de samba Império da Casa Verde, na zona norte de São Paulo.

Serra disse, na semana passada, durante entrevista ao "SP TV", da Globo, que o problema da educação no Estado estava ligado à migração.

"Há candidato em São Paulo que vai para a TV vomitar preconceito contra o povo nordestino que tanto ajudou a construir São Paulo", afirmou Lula em Osasco.

Alckmin aproveitou a oportunidade para lembrar os escândalos de corrupção que assolaram o país durante a gestão Lula. Segundo ele, o petista deu as costas para o povo brasileiro, para a Justiça e para os bons costumes.

"Ele [Lula] trabalhou ao lado do Waldomiro [Diniz], do mensalão, dos sanguessugas, de todos esses escândalos. Isto que é o fato, isto que é grave."

Alckmin disse ainda que sua propaganda no horário eleitoral gratuito tem destinado parte do tempo à apresentação de seu currículo pessoal e político porque uma boa parcela da população ainda não o conhece.

O candidato do PSDB afirmou que o desconhecimento dos eleitores tem diminuído e que está otimista para um eventual segundo turno.

Na opinião do tucano, Lula está de salto alto na campanha. "Tem candidato aí com o salto 15, eu vou nas sandálias da humildade."

Leia mais
  • Folha entrevista candidatos ao governo do Rio

    Especial
  • Leia cobertura completa das eleições 2006
  • Enquete: o horário eleitoral muda ou não o seu voto?
  • Enquete: você assiste ao horário eleitoral gratuito?
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página