Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
22/08/2006 - 15h07

PGR pressiona Aldo a divulgar nomes de funcionários com cargos de confiança

Publicidade

ANDREZA MATAIS
da Folha Online, em Brasília

O procurador-geral da República, Antonio Fernando de Souza, encaminhou ofício à Câmara pedindo os dados de todos os funcionários que ocupam cargos de confiança na Casa. O Ministério Público quer do presidente da Casa, deputado Aldo Rebelo (PC do B-SP), a informação de quanto ganham e onde estão lotados os ocupantes de CNEs (Cargos de Natureza Especial).

Os dados dos funcionários são mantidos em sigilo pela Câmara. A iniciativa do procurador não foi a primeira na tentativa de conseguir a lista dos funcionários. Antes dele, o procurador da República no DF Paulo José Rocha Júnior também encaminhou ofício ao presidente da instituição, mas não foi atendido. O documento assinado por Antonio Fernando de Souza anexa o de José Rocha.

A assessoria do presidente da Câmara informou que até ontem à noite ele ainda não tinha recebido o ofício.

Segundo apurou a Folha Online, a Câmara só vai divulgar os nomes depois que estiver concluído um estudo solicitado por Aldo Rebelo à assessoria jurídica da Casa que aponte mudanças nos cargos de confiança.

A idéia é fazer um recadastramento e regulamentar os cargos. Hoje, os funcionários contratados por CNEs podem atuar fora de Brasília. Pelas novas regras, ficariam impedidos.

Leia mais
  • CPI dos Sanguessugas denuncia 72 parlamentares; veja lista
  • CPI dos Sanguessugas absolve 18 parlamentares

    Especial
  • Leia a cobertura completa sobre a máfia das ambulâncias
  • Enquete: os depoimentos dos empresários sanguessugas devem ser usados como provas?
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página