Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
28/08/2006 - 19h47

Lula vai participar de evento ao lado de ex-ministro da Saúde que foi indiciado pela PF

Publicidade

ANDREZA MATAIS
da Folha Online, em Brasília

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai se encontrar com o ex-ministro Humberto Costa (Saúde) na próxima terça-feira num ato de campanha em Serra Talhada, no sertão pernambucano. Candidato ao governo de Pernambuco pelo PT, Costa é investigado pela CPI dos Sanguessugas por suposta participação na máfia das ambulâncias.

O ex-ministro também foi indiciado pela Polícia Federal (PF) como integrante da máfia dos vampiros, esquema de superfaturamento de hemoderivados desarticulado em 2004.

O encontro foi articulado pelo prefeito do Recife e coordenador da campanha de Lula em Pernambuco, João Paulo (PT), e reunirá prefeitos e trabalhadores rurais.

Segundo apurou a Folha Online, o presidente deve tentar minimizar os impactos das denúncias na candidatura de Costa e evitar a derrota do petista para o vice-governador Mendonça Filho (PFL).

Barrado

Na tentativa de conversar com o presidente sobre a viagem para Serra Talhada e um projeto de criação de um parque no Recife, o prefeito passou por constrangimentos hoje em Brasília. João Paulo foi barrado no Palácio da Alvorada. Ele esteve no local para se encontrar com o presidente, mas os seguranças não permitiram que ele entrasse no local.

O prefeito nega que tenha sido barrado, embora a cena tenha sido acompanhada pela imprensa. Segundo João Paulo, ele recebeu a informação de que Lula estava deixando o Palácio e seguindo para a base aérea de Brasília, de onde partiria para São Paulo.

O prefeito disse que preferiu seguir para o aeroporto para tentar conversar com o presidente. Somente lá, depois de ter procurado Lula também no Palácio do Planalto antes de ir ao Alvorada, ele encontrou Lula.

Leia mais
  • Serra venceria no primeiro turno, diz Datafolha
  • Lula mantém chance de vencer no 1º turno e tem aprovação recorde, diz Datafolha
  • Maioria não assiste a propaganda eleitoral

    Especial
  • Leia cobertura completa das eleições 2006
  • Enquete: o horário eleitoral muda ou não o seu voto?
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página