Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
05/09/2006 - 16h36

PSB recomenda expulsão de dois sanguessugas investigados pela CPI

Publicidade

ANDREZA MATAIS
da Folha Online, em Brasília

O conselho de ética do PSB recomendou hoje a expulsão dos deputados Paulo Baltazar (RJ) e Isaías Silvestre (MG) do partido. Os dois são acusados de suposto envolvimento com a máfia das ambulâncias e estão sendo investigados pelo Conselho de Ética da Câmara.

O deputado Marcondes Gadelha (PSB-PB) sofrerá uma advertência. O conselho de ética do partido não encontrou prova cabal ou material que justificasse a expulsão do deputados.

Com relação aos deputados Ribamar Alves (PSB-MA) e Josias Quintal (PSB-RJ), o partido decidiu arquivas os processos contra eles. Os dois tiveram os nomes investigados pela CPI dos Sanguessugas, mas não constam da lista que a comissão encaminhou ao Conselho de Ética da Câmara.

A decisão do conselho de ética do partido agora será analisada pela executiva que depois encaminha o caso para o diretório nacional. Somente depois da análise do diretório nacional é que as punições serão efetivadas ou não.

Leia mais
  • CPI dos Sanguessugas vai investigar mais três parlamentares
  • CPI dos Sanguessugas denuncia 72 parlamentares; veja lista
  • CPI dos Sanguessugas absolve 18 parlamentares

    Especial
  • Leia a cobertura completa sobre a máfia das ambulâncias
  • Enquete: o voto fechado deveria acabar em todas as sessões?
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página