Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
25/07/2005 - 10h22

Novo tratamento contra a obesidade elimina 2,3 quilos ao mês

Publicidade

da EFE, em Londres

Uma equipe de cientistas do Imperial College de Londres desenvolveu um tratamento contra a obesidade que permite a perda de 2,3 quilos ao mês.

No tratamento, o indivíduo toma uma injeção de um hormônio chamado oxintomodulina, que dá ao paciente a impressão de que seu estômago está cheio, tirando o apetite.

No entanto, os cientistas estão preocupados com a possibilidade de certas pessoas, sobretudo as anoréxicas, abusarem do remédio, destaca o jornal "The Sunday Times".

A equipe de cientistas, comandada por Steve Bloom, professor de medicina do Imperial College, identificou o hormônio após descobrir que os pacientes que se submetem a uma operação de redução do estômago produzem mais oxintomodulina imediatamente após a intervenção.

Durante a fase de testes, vários voluntários tomaram pequenas doses do hormônio três vezes ao dia, sempre 30 minutos antes de cada refeição, durante quatro semanas. Um outro grupo injetou placebo.

Ao fim de um mês, os voluntários do primeiro grupo tinham perdido quase 2,5 quilos. Já os do segundo emagreceram menos de 500 gramas.

A equipe comandada por Bloom tenta agora obter recursos para uma segunda pesquisa, com um número muito maior de voluntários, na qual tentará encontrar um modo mais simples de administrar o hormônio.

Segundo o "The Sunday Times", o tratamento pode levar seis anos até chegar ao mercado.

Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre tratamentos contra obesidade
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página