Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
11/08/2004 - 21h13

Consultoria coloca Porto Alegre entre as 24 "cidades do futuro" no mundo

Publicidade

LÉO GERCHMANN
da Agência Folha, em Porto Alegre

Porto Alegre é uma das 24 cidades com maior potencial para atrair investimentos no mundo. A conclusão é da consultoria inglesa Jones Lang LaSalle, que inclui apenas a capital gaúcha entre as cidades brasileiras.
A consultoria utilizou critérios mundiais, não havendo explicação para a ausência de outras cidades brasileiras entre as 24. Da América Latina, além de Porto Alegre, constam apenas Santiago (Chile) e San José (Costa Rica).

Apontada, com as outras 23, como "cidade do futuro", Porto Alegre foi citada em razão dos quesitos ambiente (tem 13,62 metros quadrados de área verde/habitante), tecnologia e economia (PIB municipal de R$ 10.164.445,391 e, per capita, de R$ 7.413, além de ser a 11ª cidade brasileira no Índice de Desenvolvimento Humano e estar em segundo lugar em produção rural e industrial).

Além disso, levou-se em conta a posição geográfica estratégica. A cidade é definida como "capital do Mercosul". De acordo com a pesquisa, o Rio Grande do Sul tem a quarta maior economia do Brasil, e Porto Alegre, ao ser sede do Fórum Social Mundial (que terá nova edição em janeiro), mantém um "mix cultural" e reconhecimento internacional.

O orçamento participativo, adotado desde a primeira administração petista, em 1989 (desde então, o PT está no poder), é citado como elemento que favorece o crescimento equilibrado, com ganhos para infra-estrutura e serviços públicos.

Como ressalva, o estudo diz que Porto Alegre tem um terço dos habitantes
em más condições habitacionais e está afastada do Rio e São Paulo.

As outras 23 são Santiago, San José, Austin (EUA), Calgary (Canadá),
Cidade do Cabo (África do Sul), Raleigh-Durham (EUA), Mumbai, Bangalone, Dehli (Índia), Barcelona (Espanha), Budapeste (Hungria), Tallin (Estônia), Helsinque (Finlândia), Copenhague (Dinamarca), Brisbane (Austrália), , Chongqing, Dallan, Guangzou, Xangai, Shenzhen, Suzhou, Xi'an e Pequim (China).

A Jones Lang LaSalle, com sede em Londres, é especializada em imóveis comerciais e industriais, atua em 30 países, administra 67 milhões de metros quadrados em shoppings centers, escritórios, hospitais, universidades e indústrias, tem 8,1 mil funcionários _além de 9,2 mil terceirizados. No Brasil, mantém um escritório em São Paulo.

Especial
  • Arquivo: Veja o que já foi publicado sobre estudos da consultoria Jones Lang
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página