Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
18/09/2002 - 02h55

Chega ao DVD "terreiro eletrônico" do Teatro Oficina

VALMIR SANTOS
da Folha de S.Paulo

Começa por "Boca de Ouro" a chegada ao DVD do "terreiro eletrônico" do Teatro Oficina. A tragédia carioca de Nelson Rodrigues, remontada para gravação em 2001, será a primeira das quatro peças do repertório dos anos 90 a ser lançada, em novembro. A distribuição será feita pela gravadora Abril Music.

Para o diretor Zé Celso, 64, o projeto é a descoberta de uma linguagem que confirma a vocação do Oficina para "terreiro eletrônico", como ele descreve o teatro. "O "Boca de Ouro" revela uma maneira de lidar com a tecnologia digital de forma divertida, rica e estética. Supera o teatro gravado que normalmente é muito chato", afirma o diretor.

Dirigida por Tadeu Jungle, que usou nove câmeras para captar as imagens em duas sessões, a gravação digital inclui depoimentos do diretor e dos atores, o que configura documentário à parte sobre a montagem e a trajetória do grupo fundado em 58.

Segundo Joyce Avelino, da produtora Academia de Cultura, a intenção é lançar a cada três meses uma das peças do Festival Teatro Oficina. As demais são "Cacilda!", de Zé Celso, "As Bacantes", de Eurípedes, e "Ham-Let", de Shakespeare, todas remontadas em 2001. O festival, realizado pelo Oficina e pela Academia de Cultura, teve sua primeira etapa orçada em cerca de R$ 1,3 milhão, sob patrocínio da Petrobras.

Estão previstas gravações de outras seis peças, inclusive a que é ensaiada no momento, "Os Sertões", adaptação do clássico de Euclydes da Cunha, que deve estrear em dezembro.

A tiragem de "Boca de Ouro" em DVD é de 5.000 unidades, quantidade que a Abril Music estima para as demais peças. Segundo o diretor de marketing da gravadora, Alexandre Ktenas, a parceria é de cinco anos. O preço sugerido para a distribuição nacional é R$ 26,90.

Entre os 16 atores de "Boca de Ouro" estão Marcelo Drummond, Sylvia Prado, Camila Mota, Aury Porto, Jacqueline Dalabona e Fernando Coimbra.

Armazém
Outro grupo de teatro acaba de estrear em DVD. A Armazém Cia. de Teatro, de Londrina, lançou em versão digital a peça "Da Arte de Subir em Telhados", parceria com a produtora Raça Filmes. O projeto reúne cenas de apresentações no Rio, Curitiba e Londrina. "Utilizamos apenas uma câmera, mas gravamos 16 vezes", diz o diretor Paulo Moraes.

A Armazém, que é patrocinada pela BR Distribuidora, está em cartaz em São Paulo com "Esperando Godot", de Beckett, no teatro Alfredo Mesquita (tel. 0/xx/ 11/6221-3657).

BOCA DE OURO. Primeiro DVD do Festival Teatro Oficina. Lançamento: em novembro (data a confirmar). Quanto: R$ 26,90. Na internet: www.uol.com.br/teatroficina.

DA ARTE DE SUBIR EM TELHADOS.
Primeiro DVD da Armazém Cia. de Teatro. Quanto: R$ 15. E-mail: armazemteatro@openlink.com.br.
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página