Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
25/07/2003 - 06h48

Rita Lee namora Beatles e Mutantes

da Folha de S.Paulo

Vendido como "a consagração de Rita Lee na Argentina", o espetáculo que o canal pago Film & Arts exibe hoje à noite parece mais um show sereno da artista, oferecido em novembro de 2002 a um público também sereno em Buenos Aires.

A tônica é o show "Bossa'n'Beatles", baseado no repertório de "Aqui, Ali, em Qualquer Lugar" (2001), em que Rita se dedicou a reinterpretar e/ou traduzir para o português clássicos dos Beatles.

Entre um sucesso beatle e outro, ela faz a canastrona e canta "Besame Mucho", fala, arranha o "portunhol" e esbanja críticas veladas a personalidades brasileiras como Pelé ("Que nunca assume paternidade nenhuma").

A vítima preferencial, no entanto, é a loura Xuxa, que já viveu aventuras e desventuras em turnês pela América Latina.

Primeiro, Rita Lee estranha a casa lotada de seu show e pergunta: "Não estão me confundindo com Xuxa?". Depois, entra fantasiada de loura sensual --mas com um nariz de palhaço plantado no meio da face.

Apresenta-se como Xuxa, fazendo a voz infantil de sua personagem Gungun, fala tolices e emenda com uma canção dos Mutantes. O público argentino assusta Rita ao aplaudir a simples menção ao nome do conjunto tropicalista. E ela vai de "Panis et Circensis", de Caetano Veloso e Gilberto Gil.

Os Mutantes voltam, tácitos, em "Lucy in the Sky with Diamonds", que se revela prima mais velha de "Panis et Circensis" e explica afinal a razão de ser do show "Bossa'n'Beatles".

A psicodelia dos Beatles pós-1966 era matriz para a reinvenção do rock brasileiro pelos Mutantes dois anos depois, também pelo filtro psicodélico.

Ao cantar Beatles meio contrariada, Rita pesquisa seu passado histórico nos Mutantes --e é entendida por brasileiros, argentinos e até pelos ETs evocados em sua incrível performance ao Theremin, em "Alô, Alô, Marciano".

A contrariedade permanece. Mas a própria Rita diz: "Ah, esta aqui é linda", antes de cantar "All My Loving". Rita-Gungun conhece a própria beleza.

Avaliação:

Ao Vivo no Luna Park
Artista: Rita Lee
Quando: hoje, às 22h, no Film & Arts
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página