Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
19/03/2004 - 19h37

Morre no Rio o artista plástico Glauco Rodrigues

Publicidade

da Folha Online

O artista plástico Glauco Rodrigues, 75, morreu hoje, às 15h, no Hospital Samaritano, em Botafogo, no Rio. Segundo a assessoria do hospital, Glauco foi internado ontem à noite e morreu devido uma insuficiência respiratória.

O artista gaúcho começou a pintar como autodidata em 1945. Em 1949, transferiu-se para o Rio de Janeiro onde freqüentou, por três meses, a Escola Nacional de Belas Artes, participando do Salão Nacional de Belas Artes (menção honrosa).

Nos anos 50 volta ao Rio Grande do Sul onde se junta ao Clube de Gravura de Porto Alegre, fundado por Carlos Scliar e Vasco Prado, e considerado um marco na história da gravura no Brasil. Em 1962 fez sua primeira exposição individual, na Petite Galerie, no Rio de Janeiro. Participou de importantes exposições no Brasil e no exterior, como a Bienal de Veneza de 1964. Em 1987, recebeu o prêmio Golfinho de Ouro Artes Plásticas do Governo do Rio de Janeiro e, em 1999, o Prêmio Ministério da Cultura Cândido Portinari - Artes Plásticas.

O reconhecimento de sua obra foi registrado em dois livros: "Glauco Rodrigues", de 1989, e "O Arteiro e o Tempo", de 1994, ambos com textos de Luis Fernando Verissimo. A TVE do Rio de Janeiro produziu, em 1989, um vídeo sobre o artista.
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página