Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
14/01/2005 - 09h00

Nova loja de discos atrai público descolado em São Paulo

Publicidade

ADRIANA FERREIRA
do Guia da Folha

Por que uma loja de discos é destaque no roteiro de noite? Porque nas próximas semanas os leitores vão ouvir muita gente falar sobre a Milo Garage, espaço em Higienópolis que abriu há menos de um mês, mas já caiu no gosto de descolados --que o estão freqüentando mesmo com o calor que faz na pista.

A idéia é que o lugar funcione como loja, happy hour e balada. Sem programação fixa, a Milo tem atraído indies que circulam por clubes como Funhouse e Atari. A estrutura é bem simples: em um corredor largo, na entrada, há sofás que formam o agradável lounge. O espaço no fundo da loja serve de pista e palco e, num quintalzinho ao ar livre, há um bar.

Para conhecer a Milo é preciso chegar cedo, porque, a partir das 3h, ninguém mais entra. "Nem se for o irmão do DJ. Não quero que aqui vire uma sauna", explica o proprietário Alexandre de Neo, 27, que vai limitar a entrada a no máximo 100 pessoas.

Noites fixas, por enquanto, somente a da gravadora Peligro, que estréia temporada na próxima quinta (dia 20), com a banda Objeto Amarelo. Hoje (dia 14), a loja promove show dos argentinos do Corazones Muertos e amanhã (dia 15), os DJs Guilherme (Hurtmold) e Nicolas tocam hip hop, música eletrônica e rock.

Milo Garage r. Minas Gerais, 203-A, Higienópolis, região central, tel. 3129-8027. 100 pessoas. 18 anos. Ter., qua. e dom.: 18h às 24h. Qui. a sáb.: a partir das 18h. Ingr.: R$ 5 (sex. e sáb.). Música ao vivo (sex. e sáb.).

Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre lojas de discos
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página