Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
28/02/2005 - 01h50

"Menina de Ouro" leva o Oscar de melhor filme; Eastwood é o grande vencedor

Publicidade

da Folha Online

O drama "Menina de Ouro" consagrou o diretor Clint Eastwood, 74, o grande vencedor da 77ª edição do Oscar. O longa arrebatou quase todas as principais estatuetas: filme, diretor, ator coadjuvante (Morgan Freeman) e atriz (Hilary Swank).

Se Eastwood, o mais velho diretor a ser contemplado com o Oscar, teve motivos de sobra para comemorar, seu colega Martin Scorsese, que concorreu com "O Aviador", entra para a galeria dos "esquecidos" pela Academia.

Apesar das cinco indicações a melhor diretor ("O Aviador", em 2005, "Touro Indomável", em 1981, "A Última Tentação de Cristo", em 1989, "Os Bons Companheiros", em 1991, e "Gangues de Nova York", em 2003) e dois de melhor roteiro adaptado ("Os Bons Companheiros" e "A Época da Inocência", em 1994), Scorsese sempre saiu da cerimônia de mãos abanando.

AP
Cate Blanchett (Melhor Atriz Coadjuvante) e Hilary Swank

A biografia do milionário Howard Hughes, dirigida por Scorsese, não foi aclamada como se esperava. Apesar de ter levado cinco das 11 indicações --o mais premiado--, o principal prêmio foi o de melhor atriz coadjuvante para Cate Blanchett. As outras estatuetas são as que podem ser consideradas como técnicas: direção de arte, fotografia, figurino e edição.

Outra grande estrela da noite foi Jammie Fox, que recebeu a estatueta de melhor ator por sua participação em "Ray". Ele deixou para trás os atores Don Cheadle ("Hotel Rwanda"), Johnny Depp ("Em Busca da Terra do Nunca"), Leonardo DiCaprio ("O Aviador") e Clint Eastwood ("Menina de Ouro").

A biografia de Ray Charles levou ainda o Oscar de melhor som. Nesta categoria concorreu com "O Expresso Polar", "Os Incríveis" e "Homem Aranha 2".

Outro destaque foi o ator veterano Morgan Freeman, que ganhou seu primeiro Oscar. Ele levou o prêmio de melhor ator coadjuvante por sua interpretação de um ex-boxeador no filme "Menina de ouro".

Freeman já havia sido indicado por seus papéis em "Armação Perigosa" (1987), "Conduzindo Miss Daisy" (1989) e "Um Sonho de Liberdade" (1994).

Latinos

A canção "Al Otro Lado Del Río", do filme "Diários de Motocicleta", dirigido pelo brasileiro Walter Salles, venceu na categoria melhor música. Foi a primeira vez que uma música latino-americana é indicada e vence a categoria. Impedido pela Academia de se apresentar durante a cerimônia, o autor da canção, o músico uruguaio Jorge Drexler, dispensou o discurso e protestou cantando parte da letra da música após receber a estatueta.

Em entrevistas, o uruguaio dedicou o prêmio a Walter Salles, responsável pelo longa.

Com o boicote a Drexler, "Al Otro Lado Del Río" foi interpretada pelo guitarrista mexicano Carlos Santana e pelo ator espanhol Antonio Banderas.

A canção de "Diários" concorreu com "Shrek 2", "O Expresso Polar", "O Fantasma da Ópera" e "A Voz do Coração".

O longa espanhol "Mar Adentro" foi eleito pela Academia como melhor filme estrangeiro. O filme, chileno de Alejandro Amenábar, concorreu com "As It Is In Heaven" (Suécia), "A Voz do Coração" (França), "A Queda" (Alemanha) e "Yesterday" (África do Sul).

Entre os filmes mais bem-sucedidos na noite está o desenho "Os Incríveis", que conquistou o posto de melhor animação e edição de som.

Bastidores

Com poucas lágrimas e muitos decotes --detalhe especial para vestido azul noite de Hilary Swank, seríssimo na frente e todo aberto atrás, o Oscar deste ano foi bem menos cansativo do que os do passado. A idéia de levar ao palco todos os nomeados para algumas indicações tornou a festa mais ágil. O apresentador-problema Chris Rock se conteve e não cometeu nenhuma gafe.

O ator Robim Willians foi o único que "saiu da linha" ao brincar com a sexualidade de Bob Esponja. O ator não resistiu e fez um comentário sobre o fato do personagem usar ou não uma calça justa. Ele ainda disse que sonha em ver Jack Nicholson dando voz ao coelho Perna Longa.

Um dos momentos mais constrangedores da festa foi quando apresentador Adam Sandler brincou dizendo que Chris Rock era, na verdade, a atriz Catherine Zeta-Jones. As piadas elogiando o vestido e os sapatos sensuais da atriz arrancaram poucas gargalhadas.

Confira a lista completa dos vencedores e indicados

Melhor Ator
- Jamie Foxx ("Ray")
- Don Cheadle ("Hotel Rwanda")
- Johnny Depp ("Em Busca da Terra do Nunca")
- Leonardo DiCaprio ("O Aviador")
- Clint Eastwood ("Menina de Ouro")

Melhor Atriz
- Hilary Swank ("Menina de Ouro")
- Kate Winslet ("Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças")
- Annette Bening ("Being Julia")
- Catalina Sandino Moreno ("Maria Cheia de Graça")
- Imelda Staunton ("Vera Drake")

Melhor Filme
- "Menina de Ouro"
- "O Aviador"
- "Em Busca da Terra do Nunca"
- "Ray"
- "Sideways - Entre Umas e Outras"

Melhor Diretor
- Clint Eastwood ("Menina de Ouro")
- Martin Scorsese ("O Aviador")
- Taylor Hackford ("Ray")
- Alexander Payne ("Sideways - Entre Umas e Outras")
- Mike Leigh ("Vera Drake")

Melhor Ator Coadjuvante
- Morgan Freeman ("Menina de Ouro")
- Alan Alda ("O Aviador")
- Thomas Haden Church ("Sideways - Entre Umas e Outras")
- Jamie Foxx ("Colateral")
- Clive Owen ("Closer - Perto Demais")

Melhor Atriz Coadjuvante
- Cate Blanchett ("O Aviador")
- Laura Linney ("Kinsey - Vamos Falar de Sexo")
- Virginia Madsen ("Sideways - Entre Umas e Outras")
- Sophie Okonedo ("Hotel Rwanda")
- Natalie Portman ("Closer - Perto Demais")

Melhor Filme de Animação
- "Os Incríveis"
- "O Espanta-Tubarão"
- "Shrek 2"

Melhor Direção de Arte
- "O Aviador"
- "Em Busca da Terra do Nunca"
- "Desventuras em Série"
- "O Fantasma da Ópera"
- "Eterno Amor"

Melhor Fotografia
- "O Aviador"
- "O Clã das Adagas Voadoras"
- "A Paixão de Cristo"
- "O Fantasma da Ópera"
- "Eterno Amor"

Melhor Figurino
- "O Aviador"
- "Em Busca da Terra do Nunca"
- "Desventuras em Série"
- "Ray"
- "Tróia"

Melhor Documentário de Longa-Metragem
- "Born Into Brothels"
- "The Story of the Weeping Camel"
- "Super Size Me - A Dieta do Palhaç"
- "Tupac: Resurrection"
- "Twist of Faith"

Melhor Documentário de Curta-Metragem
- "Mighty Times: The Children's March"
- "Autism is a World"
- "The Children of Leningradsky"
- "Hardwood"
- "Sister Rose's Passion"

Melhor Edição
- "O Aviador"
- "Colateral"
- "Em Busca de Terra do Nunca"
- "Menina de Ouro"
- "Ray"

Melhor Filme Estrangeiro
- "Mar Adentro" (Espanha)
- "As It Is In Heaven" (Suécia)
- "A Voz do Coração" (França)
- "A Queda" (Alemanha)
- "Yesterday" (África do Sul)

Melhor Maquiagem
- "Desventuras em Série"
- "A Paixão de Cristo"
- "Mar Adentro"

Melhor Trilha Sonora
- "Em Busca da Terra do Nunca"
- "Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban"
- "Desventuras em Série"
- "A Paixão de Cristo"
- "A Vila"

Melhor Canção
- "Diários de Motocicleta" ("Al Otro Lado Del Río")
- "Shrek 2 ("Accidentally In Love")
- "O Expresso Polar" ("Believe")
- "O Fantasma da Ópera" ("Learn To Be Lonely")
- "A Voz do Coração" ("Vois Sur Ton Chemin")

Melhor Curta-Metragem de Animação
- "Ryan"
- "Birthday Boy"
- "Gopher Broke"
- "Guard Dog"
- "Lorenzo"

Melhor Curta-Metragem
- "Wasp"
- "Everything in This Country Must"
- "Little Terrorist"
- "7:35 in the Morning"
- "Two Cars, One Night"

Melhor Edição de Som
- "Os Incríveis"
- "O Expresso Polar"
- "Homem-Aranha 2"

Melhor Mixagem de Som
- "Ray"
- "Os Incríveis"
- "O Expresso Polar"
- "O Aviador"
- "Homem Aranha 2"

Melhores Efeitos Visuais
- "Homem-Aranha 2"
- "Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban"
- "Eu, Robô"

Melhor Roteiro Adaptado
- "Sideways - Entre Umas e Outras"
- "Antes do Pôr-do-Sol"
- "Em Busca da Terra do Nunca"
- "Menina de Ouro"
- "Diários de Motocicleta"

Melhor Roteiro Original
- "Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças"
- "O Aviador"
- "Hotel Rwanda"
- "Os Incríveis"
- "Vera Drake"

Leia mais
  • Saiba mais sobre o filme "Menina de Ouro", de Clint Eastwood
  • Morgan Freeman ganha 1º Oscar da carreira

    Especial
  • Veja galeria de fotos do Oscar 2005
  • Leia o que já foi publicado sobre o filme "Menina de Ouro"
  • Leia o que já foi publicado sobre o ator e diretor Clint Eastwood
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página