Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
16/07/2005 - 10h02

Repaginada, "Os Ricos Também Choram" estréia na 2ª

Publicidade

MARY PERSIA
da Folha Online

A missão não é das mais fáceis: pelo menos manter a audiência de "Esmeralda", novela que tem alcançado 14 pontos de audiência --algo louvável para o SBT, que pouco tempo atrás não passava dos 10 pontos com "A Outra" e "Seus Olhos". Para cumpri-la, a emissora de Silvio Santos apostou em um sucesso absoluto da teledramaturgia latino-americana do início da década de 80.

"Os Ricos Também Choram" estréia nesta segunda-feira (18) para substituir "Esmeralda", mas entrará no ar sem que a trama protagonizada por Bianca Castanho e Cláudio Lins acabe. Isso porque a emissora, em mais uma de suas soluções inovadoras, decidiu colocar no ar os últimos capítulos da novela no início da próxima semana, capitalizando a audiência da trama atual para a próxima.

Assim, na segunda, "Os Ricos" estréia às 20h50, antes de "Esmeralda", que começa às 21h30. Os horários se repetem na terça-feira, quando a novela acaba. A partir de quarta, anda com as próprias pernas, concorrendo diretamente com "América" (Globo). Estão previstos 167 capítulos, ao custo de aproximadamente R$ 75 mil cada um.

Mas quem espera rever a história exibida pela então TVS 23 anos atrás ficará sem rumo. Da trama criada pela cubana Inés Rodena em 1979, pouca coisa restou além dos nomes e os personagens centrais, interpretados por Thais Fersoza, Felipe Folgosi e Márcio Kieling.

Agora, Mariana (Thais), a menina pobre que desconhece ser a única herdeira da fortuna de Evaristo Martins (Flávio Galvão), não mora mais na Cidade do México dos tempos atuais. Ela vive em uma cidade fictícia do interior, Ouro Verde, em 1930 (sim, "Os Ricos" virou novela de época). E se envolve em um triângulo amoroso com os personagens de Folgosi e Kieling.

No elenco, estão ainda Ludmila Dayer, Jonas Bloch, Françoise Forton, Nicola Siri e Thierry Figueira. As gravações começaram no dia 20 de maio em uma fazenda em Amparo (130 km da capital paulista).

Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre "Os Ricos Também Choram"
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página