Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
19/07/2006 - 17h50

Após fiasco de "Cristal", SBT afasta Herval Rossano e Mayara Magri

Publicidade

da Folha Online

O SBT anunciou nesta quarta-feira uma reestruturação em seu setor de teledramaturgia. A mudança ocorre por conta do fiasco da novela "Cristal", que estreou com média de nove pontos no ibope, tem patinado nos seis e chegou a atingir quatro na última segunda-feira, quando foi ao ar, com audiência recorde, o último capítulo de "Prova de Amor". O SBT esperava que a audiência chegasse aos dois dígitos.

Segundo decisão do Conselho Executivo da emissora, saem de cena o diretor Herval Rossano e sua mulher, Mayara Magri, que atuava como diretora-assistente, e volta ao comando do núcleo de teledramaturgia o diretor David Grinberg, que estava ausente da emissora por motivo de férias.

Em sua nota, o SBT afirmou que "o contrato do diretor Herval Rossano será honrado pela emissora", e que a decisão de permanecer ou não no quadro de funcionários será exclusivamente dele.

Rossano sai do cargo cinco meses depois de de deixar a Band para assumir as novelas da emissora de Silvio Santos. Del Rangel e Luiz Antônio Piá continuam na direção de "Cristal".

Segundo publicou a coluna Zapping na semana passada, a primeira providência que Silvio Santos tomou ao voltar da Alemanha foi mexer em "Cristal". Ele teria ficado duas horas em reunião com o diretor Herval Rossano e decidido que o texto do folhetim seria reescrito. As cenas que já estavam gravadas iriam ao ar, mas a trama mudaria nas próximas semanas.

A coluna publicou ainda que, nos bastidores de "Cristal", Mayara Magri teria se desentendido com a equipe da novela. Um dos motivos seria o fato dela querer sempre fazer valer sua opinião, se sobrepondo até mesmo ao marido.

Leia mais
  • Após derrame, ator de 'Cristal' continua tratamento em casa

    Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre a novela "Cristal"
  • Leia cobertura completa sobre novelas
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página