Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
07/08/2006 - 17h54

"Floribella" termina nesta 6ª com sucesso de audiência e vendas

Publicidade

CAMILA MARQUES
da Folha Online

A novela teen "Floribella" chega ao fim nesta sexta-feira (11), após duas temporadas de sucesso, com bons índices de audiência (4 pontos de média, o dobro da atração anterior) e milhares de produtos vendidos (1,3 milhão de unidades de 17 criações em variados segmentos, de roupas a discos, passando por bonecas e álbuns de figurinha). A história, que virou livro e musical, transformou em estrela infantil a atriz Juliana Silveira, 26, protagonista da trama.

Divulgação
Cena do último capítulo de "Floribella", em que Flor termina com o conde Máximo
Cena do último capítulo de "Floribella", em que Flor termina com o conde Máximo
A trajetória do folhetim, adaptado do sucesso argentino "Floricienta", poderia ser classificada como "mega-ultra-power-loucuridade", um dos malucos adjetivos que integram o vocabulário da simpática Flor. Além de tomar conta da família de órfãos Fritzenwalden, ela canta numa banda e torna-se rainha de um país distante, Krikoragan, o reino do conde Máximo (Mário Frias), par romântico de Flor na trama.

Por enquanto, nenhuma atração entra no horário de "Floribella", exibida de segunda a sábado às 20h10. Um novo projeto só estréia no fim do ano, provavelmente voltado para o mesmo público, depois que terminar o horário eleitoral gratuito --começa a ser exibido no próximo dia 15. Seja qual for o produto, o objetivo da Band é manter o grupo de patrocinadores, satisfeitos com o retorno de "Floribella"

Juliana conta que quando foi convidada para integrar o projeto, acreditava em seu potencial, mas não imaginava "que as coisas tomariam as proporções que tomaram". "Foi algo que, realmente, me pegou de surpresa. Quando a audiência começou a subir, as crianças começaram a me reconhecer na rua, o produtos começaram a vender. Fiquei pasma", disse a atriz à Folha Online.

Divulgação
Juliana Silveira, 26, foi protagonista de "Malhação" antes de dar vida a Flor
Juliana Silveira, 26, foi protagonista de "Malhação" antes de dar vida a Flor
O susto foi grande porque Juliana não era uma desconhecida, já que acabara de interpretar a protagonista da novela da Globo "Malhação", sucesso na grade há mais de dez anos. "Naquela época até dava para sair na rua, mas hoje é impossível. Nunca fui tão assediada. É engraçado. Há um tempo fui passar uns dias no Rio Grande do Norte, e em qualquer lugar eles nos reconhecem. Sabem cantar as músicas da novela. É incrível", diz a loira.

Segundo Juliana, o cansaço é grande, mas trabalhar para crianças faz tudo valer à pena, diz ela. No último um ano e meio, ela gravou 344 capítulos de segunda a sábado, sem exceção (há duas semanas, tirou suas primeiras férias, de 17 dias), e em alguns domingos fazia programas de TV e divulgava o disco da trama. Isso sem contar os ensaios para o musical, que estreou em julho, em São Paulo.

"Você cansa, mas vicia mesmo, porque trabalhar para criança é muito, mas muito prazeroso. Talvez se fosse outro público, tudo seria diferente, mas para criança se faz com gosto. Não dá para dizer não. Às vezes estou cansada, mas eu não consigo dizer que não vou levantar, pegar no colo, tirar uma foto, conversar."

Divulgação
Juliana Silveira, que canta e dança na novela, estrela musical com o mesmo nome
Juliana Silveira, que canta e dança na novela, estrela musical com o mesmo nome
É justamente essa paixão que tem feito Juliana, que já trabalhou com a apresentadora Angélica no início da carreira, adiar os projetos futuros. De várias propostas que recebeu, ela estuda três, duas de televisão e uma de cinema. "Como eu ainda não decidi, não posso contar. Estou nesse dilema. Eu quero mudar o perfil do trabalho de atriz, ter novos desafios, mas estou muito apaixonada pelo trabalho com as crianças, e é doído pensar em me separar delas. Na verdade, atualmente estou pendendo mais para este lado (infantil)."

Enquanto não decide os próximos passos, Juliana diz que vai aproveitar o tempo vago (nos intervalos das apresentações do musical "Floribella", que segue em turnê pelo Brasil) para "cuidar da vida". "Vou cuidar de mim, voltar a fazer ginástica, decorar a minha casa nova, Vou brincar de casinha."

Após três shows em São Paulo, "Floribella - O Musical" tem apresentações marcadas para os dias 19 de agosto, no Rio, e 27 do mesmo mês, em Salvador. A partir de setembro, deve seguir para o sul do país.

Leia mais
  • Confira o resumo dos capítulos da última semana de "Floribella"
  • Depois de novela e musical, 'Floribella' inspira livro
  • 'Floribella' vira espetáculo musical em São Paulo

    Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre "Floribella"
  • Leia cobertura completa sobre novelas
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página