Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
10/11/2006 - 09h55

Mostras condensam obra de fotógrafo Marc Ferrez

Publicidade

PEDRO IVO DUBRA
do Guia da Folha

O maltratado e ainda bonito Rio de Janeiro continua lindo e muito mais idílico nas fotografias de Marc Ferrez (1843-1923). Mais famoso fotógrafo brasileiro do século 19, o carioca de origem francesa é tema de uma mostra que ocupa o Centro Cultural Fiesp a partir da terça-feira (dia 14), o Instituto Moreira Salles (dia 16) e a galeria IMS (dia 17).

"O Brasil de Marc Ferrez - Fotografias do Acervo do Instituto Moreira Salles" agrega mais de 350 imagens, pinçadas de uma coleção de 5.500. A maior parte das fotos se prende ao universo carioca, mas nem só da exuberância paisagística e do clima de corte vive o conjunto. Sobressai, por exemplo, o cotidiano de uma fazenda de café do Vale do Paraíba. O famoso retrato de Machado de Assis também está incluído na seleção.

No Instituto Moreira Salles, há 50 imagens --50% são de Ferrez, e a outra metade é composta por obras de contemporâneos seus, como Augusto Stahl e Georges Leuzinger.

Centro Cultural Fiesp (av. Paulista, 1.313, Bela Vista, região central, tel. 3146-7405). Ter. a sáb.: 10h às 20h. Dom.: 10h às 19h. Abertura 14/11. Até 4/3.

Instituto Moreira Salles (r. Piauí, 844, 1º andar, Higienópolis, região central, tel. 3825-2560). Ter. a sex.: 13h às 19h. Sáb., dom. e dia 15: 13h às 18h. Abertura 16/11. Até 4/3. Visitas monitoradas c/ agendamento.

Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre o fotógrafo Marc Ferrez
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página