Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
26/12/2000 - 22h00

RETROSPECTIVA: Palestinos e israelenses intensificam luta no Oriente Médio

Publicidade

da Folha Online

O ano 2000 registrou a intensificação das disputas no Oriente Médio entre palestinos e israelenses, principalmente depois da retomada da Intifada (revolta popular palestina) ocorrida após a visita do líder de oposição israelense Ariel Sharon à Esplanada das Mesquitas, lugar sagrado para os palestinos, em Jerusalém, no dia 28 de setembro.

Dessa data até dezembro, morreram em confrontos em Jerusalém, Cisjordânia e na faixa de Gaza cerca de 350 pessoas, a maioria de origem palestina. Os palestinos lutam pela criação de um Estado próprio. Israel não abre mão do controle sobre pontos considerados estratégicos e sagrados da cidade de Jerusalém.

Depois de meses de crise política, no dia 9 de dezembro, Barak renunciou ao cargo de primeiro-ministro, deixando incerta sua sucessão e, consequentemente, o processo de paz.

Antes disso, em julho, o presidente da Autoridade Nacional Palestina, Iasser Arafat, o presidente dos EUA, Bill Clinton, e o premiê israelense, Ehud Barak, reuniram-se em Camp David, nos EUA, na tentativa de costurar um acordo de paz, que fracassou.

Clique aqui para ler especial sobre o Oriente Médio

Clique aqui para ver toda a retrospectiva do ano 2000


 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página