Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
23/10/2002 - 23h04

Morre o ex-diretor da CIA Richard Helms

da France Presse, em Washington

Richard Helms, ex-diretor da CIA (agência de inteligência dos EUA), envolvido numa tentativa de derrubar o presidente chileno Salvador Allende há 30 anos, morreu hoje aos 89 anos de idade, anunciou hoje a agência em um comunicado divulgado.

Helms comandou a CIA de 1966 a 1973, durante a guerra fria. Ele entrou para o mundo da espionagem como oficial da marinha durante a Segunda Guerra Mundial e participou da criação da CIA.

O atual diretor, George Tenet, ressaltou numa nota a gestão "firme e corajosa" de Helms à frente da agência. Segundo Tenet, Helms "era uma referência para sua geração e sua profissão".

Helms, sob as ordens do então presidente Richard Nixon, lançou uma operação para derrubar Allende, um líder de esquerda eleito democraticamente e morto em 1973 durante o golpe de estado que levou ao regime de 17 anos do ditador Augusto Pinochet.

Diante de uma comissão de investigação do Senado, Helms negou que a CIA tenha tentado tirar Allende do poder, mas em 1977 foi acusado de perjúrio e acabou sendo declarado culpado.

"Eu acreditava na importância do papel da CIA para nosso país. Ainda acredito nisso: sem arrependimentos, sem remorsos e sem desculpas", disse em 1975.
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página