Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
09/03/2010 - 01h34

Morrem no mesmo dia duas das quatro mulheres mais velhas do mundo

Publicidade

da Efe, Washington

Duas mulheres que estavam entre as quatro consideradas as mais velhas do mundo morreram no mesmo dia nos Estados Unidos, revelou a imprensa local.

Segundo o diário "Union Leader", do estado de New Hampshire, Mary Josephine Ray, de 114 anos, considerada a segunda mulher com mais idade no mundo, morreu no domingo enquanto dormia em um asilo de idosos da localidade de Westmoreland.

Nascida no Canadá, a mulher tinha chegado a New Hampshire há mais de 60 anos para ficar junto de seu filho.

Segundo o jornal, a mulher mais idosa é Kama Chinen, uma japonesa que nasceu uma semana antes que Ray. A pessoa mais velha dos Estados Unidos é Neva Morris, também de 114 anos.

Quase ao mesmo tempo, em Detroit (no estado de Michigan) morria Daisey Bailey, de 113 anos, considerada a quarta mais velha no mundo.

Bailey, que completaria 114 anos no final do mês, segundo o Grupo de Investigação Geriátrica, também era a pessoa negra mais velha dos EUA.

Nos últimos anos tinha mostrado indícios de demência, problema de cataratas e tomava muitos remédios.

Com a morte de Bailey, o título de pessoa negra mais velha dos EUA fica com Robert Young, que, segundo o Grupo de Investigação Geriátrica, nasceu em 31 de março de 1897.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página