Ao pedir empréstimo, 63% dos empreendedores são atendidos

Principal razão alegada para a solicitação é o uso do dinheiro para capital de giro, aponta pesquisa

São Paulo

Neste ano, 18% dos micro e pequenos empresários buscaram um empréstimo ou um novo financiamento, de acordo com pesquisa do Sebrae, que ouviu 6.001 pessoas entre os meses de julho e agosto.

Desses empreendedores, 63% tiveram sucesso no pedido. Só 31% dos entrevistados, porém, disseram que não enfrentaram nenhuma dificuldade para concluir a negociação.

A principal razão alegada para a solicitação é o uso do dinheiro para capital de giro (52%). Na sequência, estão a compra de equipamentos (35%) e a ampliação do negócio e reformas (35%).

A quantia média pedida foi R$ 32.780. Já o valor médio concedido foi R$ 29.537.

Metade dos entrevistados afirmou que não solicitou empréstimo porque não precisou. Já 23% deles disseram que nem tentaram porque ficaram com receio —não gostam, não conseguiriam pagar ou não confiam na política econômica. 

O sistema bancário é avaliado de maneira negativa por 56% dos micro e pequenos empresários.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.