Descrição de chapéu Expresso Ilustrada

Expresso Ilustrada debate como cultura de remakes e 'spinoffs' acabou com os finais

Novo episódio do podcast fala dos programas que batem recorde no número de temporadas e continuações

São Paulo

Os quadrinhos começaram com as histórias de super-heróis que duram décadas. Seja por dinheiro ou porque é mais fácil apostar naquilo que já é conhecido, agora filmes e séries fazem o mesmo. Parece que chegou a era do fim dos finais.

“Vingadores - Ultimato” foi o vigésimo segundo filme da Marvel. O mundo mágico da escritora J.K Rowling ganhou uma peça de teatro e uma nova sequência de filmes. Antes mesmo de terminar, já se falava em um spinoff de “Game of Thrones”. Na cultura pop tudo se cria, mas tudo também se transforma.

Esse é o assunto da semana do Expresso Ilustrada, o podcast de cultura da Folha​. É um episódio que explica as diferenças entre spinoff, prequel, reboot —todo esse glossário de continuações— e debate o motivo pelo qual filmes e séries de televisão não terminam nunca. Ou melhor, terminam para começar de novo.

O novo episódio é escrito por Maurício Meireles, repórter e colunista de literatura da Folha, e Lívia Sampaio, editora-adjunta de Cultura do jornal, com edição do Renan Sukevicius. Participam também Maurício Stycer e Luciana Coelho, críticos de TV e colunistas da Folha.

Os episódios do Expresso Ilustrada são publicados toda quinta-feira à 16h. O podcast discute os principais assuntos da música, cinema, literatura, moda, teatro, artes plásticas e televisão. O feed RSS é https://folhaexpressoilustrada.libsyn.com/rss.

O PODCAST ESTÁ DISPONÍVEL EM TODAS AS PLATAFORMAS DE STREAMING. AQUI ESTÃO ALGUMAS DELAS:

Spotify

Deezer

Google Podcasts

Castbox

Stitcher

RadioPublic​   

Logo Podcast Expresso Ilustrada
Logo Podcast Expresso Ilustrada
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.