Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
02/06/2010 - 11h21

Uso errado de talas para tendinite pode causar mais dores

Publicidade

JULIANA COISSI
DE RIBEIRÃO PRETO

A tala para tendinite usada popularmente para proteger o punho, em vez de ajudar, pode provocar mais dor.

Um estudo da UFSCar (Universidade Federal de São Carlos) aponta que o acessório que imobiliza o punho é usado muitas vezes de forma errada e pode agravar lesões.

A pesquisa verificou que, no teclado do computador e no mouse, as talas limitam o movimento dos dedos e causam dores musculares, como no pescoço.

As talas comerciais, feitas de lona, podem ser encontradas em lojas de produtos terapêuticos. Elas são vendidas sem indicação médica, o que pode ser um risco.

"Muitas vezes o paciente, ao ver um amigo com a tala, compra também. Procura se tratar sozinho, sem orientação médica ou de um terapeuta", diz a professora Iracema Ferrigno, uma das autoras da pesquisa.

Além da tala comercial, foi analisado também o modelo personalizado, geralmente recomendado por médicos, que é mais rígido, feito de um plástico moldável que se ajusta à mão.

Na pesquisa, 23 voluntários com idades entre 18 e 26 anos usaram o teclado do computador para digitar uma frase, de 40 toques. No mouse, cada um coloriu desenhos com dez cliques.

As duas atividades foram realizadas em três situações: com as mãos livres, com a órtese comercial e com a personalizada. Cada um repetiu cinco vezes a digitação da frase e os cliques no mouse, nas três situações.

Para analisar a reação dos músculos no exercício, os pesquisadores colocaram eletrodos em três músculos: um no pescoço e dois do antebraço. As regiões foram escolhidas por serem as que geram mais queixas de dores nos consultórios.

RESULTADOS

Com o teclado, não houve alteração significativa da atividade dos músculos. Quando os participantes usaram o mouse, o músculo extensor, do antebraço, foi mais exigido com as duas talas.

Segundo Ferrigno, as duas órteses, mesmo a personalizada, limitam o movimento dos dedos ao se usar o computador. "Esse impedimento da função pode aumentar o estresse de outra musculatura, como a do pescoço."

A terapeuta recomenda que a tala seja sempre recomendada por um profissional e que o médico verifique antes do uso se ela pode ou não limitar o movimento dos dedos do paciente.

Ferrigno afirma ainda práticas simples, como fazer uma pausa a cada duas horas e alongar o corpo, ajudam a prevenir tendinites e outras dores no corpo.

A pesquisa foi premiada como o melhor trabalho científico no 30º Congresso Brasileiro de Cirurgia de Mão, que foi realizado no mês passado em Belo Horizonte (MG).

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

TV Smart TV Smart HDMI, LED, Full HD a partir de R$ 999,99

Refrigerador Refrigerador Side By Side, Duplex, Frost Free a partir de R$ 849,00

Home Theater | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página