Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
28/07/2007 - 19h29

Peritos concluem varredura nos escombros do prédio da TAM Express

Publicidade

da Folha Online

Os peritos do Núcleo de Crimes contra a Pessoa, do IC (Instituto de Criminalística) concluíram no final da tarde deste sábado a varredura nos escombros no prédio da TAM Express, destruído pela queda do Airbus da TAM no último dia 17, na zona sul de São Paulo. Cerca de 200 pessoas morreram no acidente.

Foram recolhidos materiais orgânicos em alguns destroços da aeronave. O material será examinado para saber se são vestígios das vítimas do acidente.

Os trabalhos começaram na noite de sexta-feira (27). Hoje eles atuaram em numa área coberta, onde usaram o "crime scope" --sistema de luzes forenses para detecção de partículas orgânicas microscópicas.

Com a conclusão do trabalho da Polícia Científica, o prédio foi liberado para a TAM. A empresa aérea, no entanto, informou que ainda não há data para a demolição já que deve esperar a liberação do local também por outros órgãos --Prefeitura de São Paulo, Aeronáutica, Polícia Federal, Infraero (estatal que administra os aeroportos).

Ao menos 26 imóveis no entorno do local permanecem interditados, como prevenção. A avenida Washington Luís também permanece interditada no sentido bairro e deve ser liberada após a demolição do prédio.

Após a interdição, que será realizada por uma empresa contratada pela TAM, a área receberá um memorial, segundo anunciou o prefeito Gilberto Kassab (DEM), na semana passada.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Smart TV Smart TV Diversas ofertas a partir de R$ 856,11

Notebook Notebook Trabalhe, estude, jogue, a partir de R$ 769,00

Celulares | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página