Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
25/11/2008 - 07h40

Lula envia ministros para SC e pede 1 minuto de silêncio

Publicidade

da Folha de S.Paulo, em Brasília

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva determinou a três ministros que desembarcassem hoje em Santa Catarina para avaliar os estragos causados pelas fortes chuvas e para montar um plano de ação na região.

Devem chegar ainda hoje ao Estado os ministros Geddel Vieira Lima (Integração Nacional), Jorge Armando Félix (Gabinete de Segurança Institucional) e Alfredo Nascimento (Transportes).

Lula encerrou uma conferência na noite de ontem em Brasília com o pedido à platéia para que fosse feito um minuto de silêncio em memória das vítimas. O presidente afirmou ter obtido do governador de Santa Catarina, Luiz Henrique (PMDB), a informação de que o número de mortos devido às enchentes chega a 51, e que 90% da cidade de Itajaí e arredores estão debaixo d'água. O número de mortos no Estado já chegava a 65.

"Enviamos aviões da Aeronáutica para começar um processo de resgate. Amanhã vão vários ministros para lá para ver o que é possível fazer, recuperar várias estradas. Estamos no final do ano, muita gente visita Santa Catarina e várias estradas estão totalmente desmontadas", disse o presidente.

O Ministério da Integração Nacional enviou ao Estado 12,4 mil cestas de alimentos e 12 mil colchões e toalhas.

Roberto Guimarães, secretário nacional de Defesa Civil -órgão ligado ao Ministério de Integração Nacional-, havia chegado a SC já no domingo. Ontem, ele sobrevoou as regiões mais afetadas pela chuva. "A situação é crítica, mas as águas já começam a baixar."

Comentários dos leitores
carmem santos (16) 22/11/2009 11h17
carmem santos (16) 22/11/2009 11h17
eu como brasileira, agora com vergonha de ser,quero fazer uma critica a esse lula que air estar querendo aterrorisar nosso pais fazendo e pior trazendo esse presidente do irã pra car..o que ele quer com isso ?será possivel que esse luda não vai para de apoiar esse tipo de pessas terroristas,que mata as pessoas sem dor nem piedade,seria bom se com ele vinhece um homem bomba e quando entrase no planalto acionace o relogio quando tivese todos junto...para de apoiar bandido vai apoiar seu pove que estar morrendo afogado,nas balas perdidas,na secas do nordeste....e vc. só quer aparecer pra esse cara.....se liga cara...o brasil é de paz. sem opinião
avalie fechar
Rodrigo França (1) 10/09/2009 23h45
Rodrigo França (1) 10/09/2009 23h45
SC foi atingida pelas chuvas no segundo ano em regiões distintas e na mesma época, no outono. Em 2008 foram Itajaí e Blumenau e agora, região do extremo-oeste.
A maior dificuldade está em reconstruir a estrutura como, energia para hospitais, agroindústrias e saúde sanitária nas cidades afetadas.
Além dos subsídios e contribuições, a prevenção releva a atenção em abastecer almoxarifados com materiais, geradores, vacinas e recursos nessas regiões.
O prejuízo nas indústrias, estradas e porto de Itajaí, produção agrícola, reflete na economia do turismo em Florianópolis, Balneário Camboriú e Porto Belo, região onde se concentram a praias visitadas no verão.
A BR 101 está quase toda duplicada, verão a economia do litoral aquece como o clima.
sem opinião
avalie fechar
fernando carlos (1) 13/01/2009 15h20
fernando carlos (1) 13/01/2009 15h20
Santa CAtarina virou uma calamidade, os entes públicos deixaram a desejar, faltou é criatividade, no meio de tanta desgraça, teriam eles que motivar os turistas. 4 opiniões
avalie fechar
Comente esta reportagem Veja todos os comentários (409)
Termos e condições
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página