Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
18/03/2004 - 18h42

Entidades e vereadora devem processar Clodovil por racismo

Publicidade

da Folha Online

A comunidade negra de São Paulo se sentiu ofendida com declarações feitas na quarta-feira (17) pelo apresentador Clodovil Hernandez, do programa "A Casa é Sua", da Rede TV, segundo a Coordenadoria Especial dos Assuntos da População Negra, órgão vinculado à prefeitura. A vereadora Claudete Alves (PT-SP) também se disse ofendida e afirmou que vai processá-lo civil e criminalmente por racismo.

As declarações de Clodovil ocorreram enquanto entrevistava o cantor Agnaldo Timóteo, que foi impedido por fiscais da prefeitura de vender, como ambulante, seus CDs em ruas do centro da cidade. "(Agnaldo Timóteo) tem que vender disco na rua (...) Ele vai fazer o quê? Ele vai fazer o que todo crioulo faz no Brasil? Vai virar ladrão, bandido ou o quê?", disse. No mesmo programa, Clodovil criticou a prefeita Marta Suplicy (PT), que informou que processará civil e criminalmente o apresentador pelos ataques.


A.Gaudério/Folha Imagem
O apresentador Clodovil
Segundo Edmar Silva, 40, responsável pela coordenadoria, a comunidade negra recebeu com indignação as afirmações do apresentador. "É simplesmente inaceitável que um apresentador como ele possa externar esse grande preconceito contra as mulheres e os negros. Ele também se referiu de maneira pejorativa e discriminatória contra os homossexuais", afirmou.

Silva afirma que a coordenadoria não irá agir diretamente contra Clodovil por estar ligada à prefeitura. "Iria parecer que estaríamos agindo em causa própria", disse. Porém o órgão está em contato com cerca de 15 entidades do movimento negro que pretendem entrar com uma ação, nos próximos dias, pedindo a cassação do programa de "A Casa é Sua".

Além disso, as entidades devem promover, na manhã da próxima terça-feira, uma manifestação em frente à sede da Rede TV, em Alphaville, na Grande São Paulo.

A reportagem tenta falar com o apresentador desde ontem, mas sua assessoria não respondeu aos telefonemas.

Vereadora

A vereadora Claudete Alves, que é negra, disse que sentiu-se pessoalmente ofendida com as declarações de Clodovil e afirmou que vai processá-lo.

"Estou me sentindo atacada e ofendida como negra, e não posso me calar diante das descabidas declarações desse senhor, que apesar de afirmar constantemente que brinda seu público com classe, elegância e bom gosto, na prática, mostra exatamente o contrário, disfarçando-se de passional e visceral, quando na verdade ataca a tudo e a todos sem a menor consideração ou respeito", disse Claudete.

Ela afirma ainda que Clodovil agiu com falta de respeito e ignorância sobre o trabalho e a trajetória política da prefeita. "Ao classificá-la como 'idiota', 'inútil' e 'desocupada', ele a ofendeu como autoridade, e ao afirmar que a prefeita não faz nada, além de usar 'modelos', 'maquiagem' e 'botox', ele insinua que uma mulher que se preocupa com sua aparência não teria capacidade para administrar uma cidade (...) será que ele não acredita em nossa capacidade?"

No programa desta quinta, Clodovil pediu desculpas à prefeita Marta Suplicy pelas "três ou quatro palavras erradas" e disse ter ficado "furioso" com a atitude dos fiscais da prefeitura.

Leia mais
  • Clodovil recua, pede desculpas na TV e diz que enviará flores para Marta
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página