Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
27/10/2006 - 21h52

Brasil terá nova revista gay; confira destaques do mundo GLS

Publicidade

SÉRGIO RIPARDO
Editor de Ilustrada da Folha Online

Confira os destaques sobre personalidades e eventos de interesse do público gay.

Nova revista

Antônio Guerreiro
"O mundo dos arquitetos tem muito gay, né?", brinca Renato Fernandes
"O mundo dos arquitetos tem muito gay, né?", brinca Renato Fernandes
Em 2007, o Brasil ganha uma revista gay de estilo e comportamento, sem ensaio de nu frontal. O projeto é do jornalista paulistano Renato Fernandes, 44, colunista de decoração e arquitetura da "G Magazine". Radicado no Rio, ele já começou a discutir o projeto em São Paulo e cita como possível parceiro a Fractal, que edita a "G" e nega interesse na nova revista. A idéia de Fernandes é colocar no mercado uma publicação que mostre também o lado negativo da vida homossexual. "Haverá muitas reportagens de comportamento. Adoraria desfazer o mito de que a vida dos gays é colorida, só festa, que acordam felizes e vão dormir com as borboletas."

Quartos famosos

Reprodução
Quarto de Gilberto Braga, que vive união de 30 anos, foi mostrado na coluna de Fernandes
Quarto de Gilberto Braga, que vive união de 30 anos, foi mostrado na coluna de Fernandes
Influente no setor de decoração, Renato Fernandes, que também trabalhou como ator de teatro, diz que namorou muitos arquitetos. "É uma vida social muito intensa, um mundo de aparências, de fogueira de vaidades. Tenho horror de fofoca. O começo da minha coluna foi muito difícil. Ninguém queria aparecer. Hoje, são os assessores dos arquitetos que me procuram." Um dos feitos de Fernandes foi publicar fotos dos quartos do teledramaturgo "low profile" Gilberto Braga e do decorador Edgar Moura Brasil, casal que vive junto há mais de 30 anos, mas cada um com seu espaço.

Silvetty no Ultralounge

Pela primeira vez, a drag Silvetty Montilla, rainha da noite gay paulistana, fará uma apresentação no clube Ultralounge, nos Jardins. Será na noite do feriado, na próxima quinta-feira (2). Ela criou um espetáculo especial para a casa. No dia, a boate estréia o projeto Club Privée, que pretende promover noites de música eletrônica (electro-house principalmente) com o toque intimista, "pocket shows" e intervenções musicais. Os promoters Alex F e André F assinam o projeto. No "line up", os DJS Jorge Garsko, Morais e Robson Mouse. Marcelu Ferraz é o "host".

Festa no piscinão

A moda das "pool parties" chegou atrasada ao Brasil, mas a onda segue firme. A cada semana, surgem mais festas diurnas na piscina. O domingão é de pouca roupa e muita música eletrônica. No próximo dia 12 de novembro, em Campinas (100 km de São Paulo), será realizada a quarta edição da "Garden Party", que promete 12 horas de "house music" sem parar. Agitam as "bees" os djs TiuJonas (Libre Bar - Campinas), Pacheco e Morais (residentes da The Week), Willy (A la Turca) e Fabio Noveletto (The Club Litoral). O espaço The Pub (antiga The Club) fica na rodovia Campinas Mogi-Mirim km 115 e tem lotação de 1.200 pessoas. O site é www.gardenpoolparty.com.br.

Divulgação
Marca de futebol apresenta cuecas para uso durante prática esportiva
Marca de futebol apresenta cuecas para uso durante prática esportiva
Papo cueca

A Topper apresentou hoje sua nova coleção de "underwear". São cinco modelos (três slip e dois boxer), sem costuras, em poliamida, principalmente para o uso antes e durante a prática esportiva, nas cores preta, branca, marinho e grafite. A marca é tradicional nos vestiários do futebol brasileiro. Mesmo sem uma abordagem explícita para os gays, nem precisa dizer que toda campanha de "underwear" atrai a atenção no meio, no Brasil e no Mundo. Foch, Calvin Klein, Dolce & Gabbana e outras grifes podem confirmar.

Guerra da vodca

Nos EUA, será detonada neste final de semana a "guerra da vodca". A Stolichnaya decidiu enfrentar a Absolut para virar a marca preferidas das "bees". No domingo, o canal pago Logo, voltado para os gays, começa a exibir a campanha da Stolichnaya. O contrato da indústria de bebidas com o canal da gigante Viacom tem duração de um ano, informou hoje o jornal "US Today". Nos últimos anos, a Absolut investiu bastante no mercado GLS, de olho no potencial de lucros. Por lá, a estimativa oficial é que o consumo geral de gays, lésbicas, bissexuais e transgêneros deve totalizar US$ 641 bilhões neste ano, acima dos US$ 600 bilhões de 2005.

Madonna no Brasil?

O boato pipocou nesta sexta-feira. A história é que o empresário Luiz Oscar Niemeyer, da Planmusic, pretende voltar a negociar com os agentes de Madonna um show no estádio do Morumbi (SP) em janeiro. Na Planmusic, o que se diz é que não há nada concreto sobre isso. Neste ano, ocorreram diversas negociações para trazer a "rainha do pop" ao Brasil, mas fracassaram. A turnê "Confessions" foi encerrada no mês passado.

Fora do armário

Vocalista de uma banda descolada, incensada recentemente pela mídia de música indie, aceitou falar publicamente sobre sua orientação sexual. Vai contar tudo sobre assédio de meninos e meninas, se sofre preconceito e o que pretende fazer da vida. Quem? Só na próxima semana.

Dica de sites

No Brasil: Meunomeeregina é um blog dedicado à atriz Regina Duarte, protagonista de "Páginas da Vida". Tudo bem que ela não é o principal motivo para ver a novela (as maldades da Sandra de Danielle Winits são bem mais divertidas), mas é bom e engraçado retrospecto da carreira da "namoradinha do Brasil".

No mundo: Tonyward.com, do fotógrafo norte-americano Tony Ward, traz uma rica galeria de tipos alternativos com imagens bem ousadas, um ambiente "sujo chique" que publicações mais elitizadas adoram explorar sob o pretexto de dar voz e cara ao underground. Não confundir o fotógrafo com o ex-namorado de Madonna, também dono de um site ilustrado e explícito.

Dicas de vídeos

Marília Gabriela e Reynaldo Gianecchini: já que se separaram, é hora de rever o vídeo da entrevista dela na GNT com ele, em clima de "o amor é lindo". Olhe a foto antiga dele exibida no vídeo --os dentes do então modelo eram um pouco exagerados.

Cherish: o quarteto norte-americano de R&B fez sucesso com "Do It To It". Uma espécie de genérico de Destiny's Child, sem uma Beyoncé. Escute, mas descarte logo em seguida. Afinal, não paga nada.

Colaborou James Cimino

Leia mais
  • Ator revela abuso sexual na Força Aérea; confira destaques do mundo GLS
  • Ex-governador gay quer casar nos EUA; confira destaques do mundo GLS
  • Foch chega ao México; confira os destaques do mundo GLS
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página