Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
23/11/2008 - 17h57

Eleições regionais fortalecem democracia, diz Chávez

Publicidade

da France Presse, em Caracas

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse ter confiança de que as eleições regionais deste domingo no país vão demonstrar a "força" da democracia venezuelana e de suas instituições. Ele afirmou também que, quaisquer que forem os resultados, a manutenção da "governabilidade" está garantida.

"Independentemente dos resultados desse dia, a Venezuela continuará sendo um país com alto grau de governabilidade", afirmou Chávez, depois de depositar seu voto no bairro popular de 23 de Enero, a oeste de Caracas.

Veja as imagens da votação

"Temos de reconhecer o que a voz da nação diz (...) Honra ao vencido e glória ao vencedor e, amanhã, a Venezuela segue sua marcha", afirmou.

Chávez pediu a todos os venezuelanos que fossem votar e garantiu que o processo eleitoral, 100% automatizado, está "blindado" e é um dos "mais transparentes, mais rápidos e mais seguros do mundo". "Na Venezuela é impossível haver fraudes eleitorais", afirmou.

O presidente venezuelano acrescentou que não foram relatados problemas no processo de votação, mas assegurou que o governo está preparado para conter qualquer "eventualidade" que surgir. Sem citar nomes, Chávez disse ainda que quem não reconhecer os resultados da urnas terá uma "morte política".

Ao todo, 16.887.734 venezuelanos eram esperados neste domingo para votar. Estão em disputa cargos de 22 governadores, 326 prefeitos, dois prefeitos metropolitanos, além de 233 deputados estaduais, 13 vereadores metropolitanos e sete vereadores distritais.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página