Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
18/06/2009 - 08h02

Emboscada de terroristas deixa 24 policiais mortos na Argélia

Publicidade

da Folha Online

Ao menos 24 policiais foram mortos na noite desta quarta-feira em uma emboscada de um grupo de terroristas islamitas na Província de Bordj Bouarreridj, 150 quilômetros ao leste da capital Argel, informa nesta quinta-feira a imprensa local.

O governo ainda não se pronunciou sobre o ataque, o mais violento em meses na Argélia --país que tenta combater a insurgência islâmica radical aliada à rede terrorista Al Qaeda.

As vítimas faziam parte da escolta de um grupo de trabalhadores chineses que constroem a estrada leste-oeste e foram surpreendidas pela explosão de duas bombas escondidas na estrada. Após a explosão das bombas, os terroristas atiraram com fuzis automáticos.

A emboscada aconteceu perto da localidade de Mansurrah. Os 24 agentes, que viajavam em seis veículos, morreram no local e, segundo a imprensa, suas armas, uniformes e equipamentos de comunicação foram roubadas pelos os autores do ataque.

Testemunhas afirmaram que várias unidades de reforço do Exército se desdobraram na região --apoiadas por helicópteros de combate-- poucos minutos depois da emboscada.

Os militares iniciaram uma ampla operação de rastreamento em busca pelos autores do ataque, mas sem resultados até o momento.

Argélia, uma grande produtora de gás e petróleo, combate há duas décadas o crescimento da insurgência terrorista no país --que opera sob o nome Al Qaeda para o Magrebe Islâmico.

O número de ataques estava em queda há meses, mas, nas últimas semanas, aumentaram significativamente. No final de maio, os insurgentes mataram cinco policiais e, uma semana depois, atiraram e mataram nove soldados.

No começo deste mês, o grupo assumiu ainda o assassinato do britânico Edwin Dyer. O grupo o mantinha como refém no vizinho Mali.

Com Efe, France Presse e Reuters

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página