Saltar para o conteúdo principal Saltar para o menu
 
 

Lista de textos do jornal de hoje Navegue por editoria

Cotidiano

  • Tamanho da Letra  
  • Comunicar Erros  
  • Imprimir  

Foco

Bebê de quase 2 anos faz sucesso nas redes cantando música dos Beatles

DE SÃO PAULO

Bastou o pai pegar o violão para o pequeno Diogo, de um ano e 11 meses, puxar sua cadeirinha e começar a cantar, ao ritmo dos Beatles: "Don't Let me Down!"

A cena acima, protagonizada por um garotinho de Criciúma (SC), foi postada no YouTube e percorreu as redes sociais nesta semana. Até ontem, o vídeo somava mais de 3,3 milhões de visualizações.

"Até mesmo o ator Kevin Bacon comentou no Twitter", conta orgulhoso o pai de Diogo, o bancário Christian Diego Mello, 32.

Segundo ele, a ideia do vídeo surgiu após um bate-papo com colegas de trabalho.

"Comentei que tinha um filho que cantava e tocava Beatles e uma colega duvidou. Aí eu gravei o vídeo para mostrar. No feriado, coloquei no YouTube e compartilhei no Facebook. E não fiz absolutamente mais nada. De repente, foi uma bola de neve."

No vídeo, o menino segura um ukulele, guitarra havaiana de quatro cordas que "roubou" do pai, e arrisca acordes com uma palheta.

"Assim que ele começou a andar, pegou o instrumento e não soltou mais. Hoje é dele, entendeu?", ri o pai.

De acordo com Mello, o filho começou a cantar a música do vídeo há alguns meses, durante uma viagem.

"Tínhamos um pendrive com várias músicas e fomos ouvindo no carro. E percebemos que nessa ele balbuciava o down'. Quando acabou, ele reclamou até voltarmos para a música."

E não parou mais: hoje, o menino também tem na lista de preferidas os clássicos "Hey Jude", "Let it Be" e "All my Loving". O incentivo vem do pai, que tem uma banda com o irmão.

Mello agora diz que tem um sonho: fazer com que Paul McCartney veja o vídeo.


Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Geladeiras Geladeiras Frost Free, Duplex, a partir de R$ 862,20

TV TV LED, 3D, FULL HD e Smart a partir de R$ 399,90

Home Theater | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página