Saltar para o conteúdo principal Saltar para o menu
 
 

Lista de textos do jornal de hoje Navegue por editoria

Mundo

  • Tamanho da Letra  
  • Comunicar Erros  
  • Imprimir  

Governo israelense dará incentivo a colônias em território palestino

Medida é anunciada em meio a negociações para acordo de paz

DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS

O governo israelense incluiu ontem 91 colônias judaicas em território palestino ocupado na lista de cidades e comunidades consideradas de "prioridade nacional", que recebem subsídios e benefícios fiscais para fomentar seu desenvolvimento.

A medida foi anunciada enquanto os EUA medeiam, desde a semana passada, as negociações para um novo acordo de paz entre Israel e palestinos.

Yariv Openheimer, da ONG israelense Paz Agora, questionou a iniciativa. "Isso significa que quem quiser viver nos assentamentos receberá benefícios, o que leva a questionar a vontade do governo de alcançar a paz".

Segundo a ONG, das 91 colônias incluídas na lista, 75 estão fora dos grandes assentamentos e algumas delas entre as que não se preveem que fiquem sob soberania israelense após a assinatura de um eventual acordo de paz.

A aprovação ampliou as divergências entre a ministra da Justiça e negociadora no processo de paz com os palestinos, Tzipi Livni, e o ministro da Economia e defensor da colonização da Palestina, Naftali Benet.

"Devemos continuar estimulando a construção na Judéia e na Samaria (nomes bíblicos para a Cisjordânia)", disse Benet.

O ministro de Proteção Ambiental, Amir Peretz, criticou a medida que, segundo ele, "vai contra os esforços de promover a paz".


Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página