Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
28/03/2011 - 14h35

Sites pornôs são procurados 3.000 vezes por minuto no mundo

Publicidade

DE SÃO PAULO

As tentativas de acesso a sites de conteúdo adulto chegam a, em média, 3.000 vezes por minuto, em um total diário de 4 milhões, segundo um estudo divulgado nesta segunda-feira pela empresa de segurança on-line Kapersky Lab.

As estatísticas globais da empresa demonstram que os bloqueios ocorrem principalmente à noite, com maior número de tentativas por volta das 23h.

Especificamente na América Latina, as detecções acontecem no fim do dia, no período entre 15h e 20h, com pico às 16h.

De acordo com a companhia, trata-se do horário em que as crianças que estudam pela manhã chegam em casa, após as atividades vespertinas --a partir das 18h, o índice passa a cair, pois os pais estão chegando em casa.

"O cuidado com a educação digital dos filhos é importante, mas há perigos ainda maiores, como o roubo de identidade e as perdas financeiras e de dados pessoais", diz a companhia, em nota. Segundo estatísticas da Kaspersky, no Brasil são produzidos 36% dos códigos maliciosos para roubo de dados bancários existentes no planeta.

"Logins de acesso de e-mail, internet banking e de redes sociais; números de CPF e telefones; e endereço são informações valiosas para os cibercriminosos. Em 2010, os brasileiros representaram cerca de 1,5% das vítimas de golpes virtuais e o país ocupa a 15ª posição na lista das nações mais atacadas no mundo", informa a companhia.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página