Receita investiga servidores que acessaram dados fiscais de Bolsonaro e família

Consultas foram feitas sem motivação legal

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados Você atingiu o limite de
por mês.

Tenha acesso ilimitado: Assine ou Já é assinante? Faça login

São Paulo

A Receita Federal informou nesta sexta-feira (5) que iniciou processo administrativo disciplinar contra dois servidores do órgão que acessaram informações fiscais do presidente Jair Bolsonaro e membros da sua família.

De acordo com a Receita, após a identificação dos acessos, realizados em janeiro, foi aberta sindicância para apurar as circunstâncias em que as consultas foram feitas. A apuração concluiu que não havia motivação legal para o acesso e a Polícia Federal foi notificada. 

Agora, será apurada a responsabilidade funcional dos envolvidos.

Bolsonaro recebe a faixa presidencial das mãos do presidente Michel Temer, no Palácio do Planalto - Folhapress


 

Relacionadas