1968: Universitários protestam, cercam reitor e obtêm vitória em Curitiba

São Paulo

Cinco horas de protesto, com cerca de 2.000 estudantes, no edifício da Universidade Federal do Paraná, foram suficientes para que os universitários conseguissem gratuidade nos cursos noturnos.

Os manifestantes, que protestavam contra a realização de vestibulares para o curso noturno pago da Escola de Engenharia, derrubaram o busto de bronze do reitor Flavio Suplicy de Lacerda, cortaram as linhas telefônicas e prenderam dentro da escola o próprio reitor e professores.

Após negociações pacíficas, às 12h terminou o movimento. A universidade fará o vestibular, mas as matrículas serão feitas em caráter gratuito.

0
Primeira página da Folha de S.Paulo de 15 de maio de 1968 - Folhapress
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.