1969: Após distúrbios, governo argentino controla a situação em Córdoba

São Paulo

Depois de dois dias de sangrentos choques de rua, que resultaram na morte de pelo menos 20 pessoas, tropas do Exército argentino eliminaram os últimos focos de franco-atiradores na cidade de Córdoba, neste sábado (31).

Veículos militares fazem ronda nas ruas, e soldados ocupam pontos estratégicos da cidade. Tribunais militares do país anunciam as primeiras penas de prisão contra os líderes dos trabalhadores e estudantes amotinados. Aos poucos, a população volta às atividades.

Os serviços públicos foram restabelecidos no país após a greve geral de sexta (30), mas o comércio segue estagnado.

Primeira página da Folha de S.Paulo de 1 de junho de 1969
Primeira página da Folha de S.Paulo de 1 de junho de 1969 - Folhapress


 

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.