Descrição de chapéu Há 50 anos

1969: No Palácio das Laranjeiras, governo outorga nova Constituição Federal

No Rio de Janeiro, a Junta Militar formada pelos ministros Aurélio Lira Tavares (Exército), Augusto Rademaker Grünewald (Marinha) e Márcio de Sousa Melo (Aeronáutica), outorga a Emenda Constitucional nº 1.
No Rio de Janeiro, a Junta Militar formada pelos ministros Aurélio Lira Tavares (Exército), Augusto Rademaker Grünewald (Marinha) e Márcio de Sousa Melo (Aeronáutica), outorga a Emenda Constitucional nº 1. - Folhapress
São Paulo

Com a presença de ministros de governo, dos presidentes da Câmara e do Senado, a Junta Militar assinou nesta sexta-feira (17), em solenidade de outorga da nova Constituição Federal do Brasil, a Emenda Constitucional nº 1. 

“A Emenda Constitucional, disse-me o presidente, será o marco de nossa oportunidade democrática”, disse o ministro Augusto Hamann Rademaker Grünewald (Marinha) ao citar Arthur da Costa e Silva.

A solenidade começou às 16h, no Palácio das Laranjeiras, no Rio. Rademaker, candidato a vice-presidente, disse que a Emenda Constitucional nº 1 é o cumprimento dos assuntos assumidos pela nação.

Primeira página da Folha de S.Paulo de 18 de outubro de 1969
Primeira página da Folha de S.Paulo de 18 de outubro de 1969 - Folhapress
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.