Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
24/10/2011 - 21h07

Morre John McCarthy, criador do termo 'inteligência artificial'

Publicidade

DE SÃO PAULO

O matemático e cientista de computação norte-americano John McCarthy, criador da linguagem de programação Lisp e do termo "inteligência artificial", morreu nesta segunda-feira, segundo informações do site Tech Crunch.

null0/Wikimedia Commons
O matemático e cientista da computação John McCarthy, pai do termo "inteligência artificial"
O matemático e cientista da computação John McCarthy, pai do termo "inteligência artificial"

McCarthy estudou matemática com John Nash, em Princeton, e realizou a primeira partida de xadrez "computadorizada" entre cientistas dos EUA e da ex-União Soviética. Ele transmitiu os movimentos por telégrafo.

McCarthy cunhou o termo "inteligência artificial" nos anos 50. Antes de se juntar ao Sail (Stanford Artificial Intelligence Laboratory), ele desenvolveu a linguagem de programação LISP para inteligência artificial e inventou a abordagem de compartilhamento de tempo para computadores.

O cientista nasceu em 1927, em Boston. Ele recebeu um Ph.D. de Princeton em 1951 e ganhou o Prêmio Turing da ACM (Association for Computing Machinery), em 1972, além da Medalha Nacional de Ciência dos EUA em 1991.

O site não deu detalhes sobre a morte.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página