Descrição de chapéu Rio de Janeiro

Vídeo mostra bastidor de operação policial que matou professor de jiu-jítsu no Rio

Jean Rodrigo da Silva é uma das 171 pessoas mortas pela polícia fluminense em maio

São Paulo

O professor de jiu-jítsu Jean Rodrigo da Silva foi uma das 171 pessoas mortas pela polícia do Rio de Janeiro no mês de maio (dado mais atualizado).

Reportagem da Folha publicada nesta sexta-feira (28) mostrou que o total de mortos em ações policiais em maio corresponde a 32,2% de todos os casos de letalidade violenta (531) registrados neste ano no estado fluminense.

Jean trabalhava em um projeto social no Complexo do Alemão, na zona norte da capital fluminense. Naquele 14 de maio, segundo relatos de testemunhas, o professor foi confundido com um traficante e morto com um tiro na cabeça por policiais que realizavam uma patrulha na região.

Ele foi atingido em frente ao centro de treinamento onde praticava e ensinava a arte marcial.

Assista, abaixo, ao vídeo que mostra os bastidores da operação da PM que resultou na morte de Jean​.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.