Diferentes tons de amarelo em São Paulo inspiram ensaio de fotos

Cor do ensaio é a que dita nova campanha da Folha pela democracia

São Paulo

Amarelo é cor primária: ela dá vida a outras tonalidades, mas nenhuma outra a produz. O amarelo foi a cor do movimento pelas Diretas Já, em 1984, e vem sendo resgatado por grupos com bandeiras pró-democracia surgidos nas últimas semanas.

Também é a cor que dita a campanha lançada pela Folha em defesa da democracia. E é o nome do último álbum do rapper paulistano Emicida, de 2019, que une a palavra amor com elo.

Pensando em tudo isso, o repórter-fotográfico Gabriel Cabral saiu a pé pelas ruas do centro de São Paulo a fim de registrar ocorrências da cor.

O resultado foi de mais de 20 quilômetros rodados e fotografias que variam entre um carro de luxo e bananas, passando por fachadas prédios, ônibus, grafites e portas. Confira nas próximas páginas o ensaio.

Confira a seguir as fotos:

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.